Prefeitura coordena ação integrada de abordagem e atendimento a pessoas em situação de rua no centro de Manaus

Por Prefeitura de Manaus

22/02/2024 12h59

Icone audio
Ação social
#paratodosverem – Duas servidores da Semasc realizando abordagem social para homem em situação de rua no centro de Manaus

Como parte das medidas que visam garantir o atendimento socioassistencial e médico à população em situação de rua presente no Centro Histórico de Manaus, na zona Sul, determinadas pelo Centro Integrado de Controle e Comando (CICC), a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), coordenou, nesta quinta-feira, 22/2, uma ação conjunta de abordagem social na região.

Contando com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por meio do programa “Consultório na Rua”, do Conselho Tutelar e das secretarias de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) e Assistência Social (Seas), a ação concentrou seus atendimentos na praça Francisco de Queiroz, localizada na rua Quintino Bocaiúva, e na praça dos Remédios, na rua Miranda Leão.

“Estamos dando continuidade a um trabalho iniciado em 2023 e que vem se mostrando cada vez mais fundamental para a população em situação de rua presente no Centro Histórico de Manaus. Nosso intuito jamais será o de higienizar ou retirar compulsoriamente essas pessoas deste local, o que queremos é ouvir suas demandas, avaliar seus casos, sensibilizá-los e oferecer os serviços necessários para uma virada de chave em suas vidas”, destacou a chefe da Divisão de Média Complexidade do Departamento de Proteção Social Especial (DPSE) da Semasc, Márcia Helena Braga.

Coordenadora do programa “Consultório na Rua”, Lucinei Mota ressaltou a importância da execução contínua dessas ações, principalmente no que diz respeito ao acesso desse público a serviços básicos de saúde. “Já participamos dessas ações há um bom tempo e assim continuará sendo. Continuaremos sempre a trazer nossos médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem para as ruas de nossa cidade para garantir que todos tenham acesso a saúde”, afirmou.

Quem também participou da ação foi o Centro de Integração Social Gerando Vidas, organização da sociedade civil responsável pela oferta de diversos serviços para pessoas que se encontrem em estado de dependência química para auxiliar seu processo de reabilitação. Presidente da instituição, o pastor Canuto Couto destacou a emoção sentida ao participar da ação junto de sua equipe.

“Em 22 anos de atividade, essa foi a primeira vez em que fomos convidados a participar de uma ação de abordagem. É transformador. Sabemos que uma quantidade significativa de pessoas em situação de rua enfrenta o vício em drogas todos os dias, e é desesperador ter ciência dessa situação sem possuir a logística necessária para resolver. Participar de ações como essa muda esse cenário, interagimos de forma mais direta e rápida com os parceiros do poder público e assim atendemos mais pessoas, é maravilhoso”, concluiu.

— — —

Texto – Guilherme Pacheco / Semasc

Fotos – Diego Lima / Semasc

Disponíveis emhttps://flic.kr/s/aHBqjBf6wr