Notícias

Profissionais da Saúde de Manaus recebem capacitação para o atendimento de crianças e adolescentes com tuberculose

Profissionais da rede de saúde da Prefeitura de Manaus irão participar, nos dias 5 e 6/7, da Webinar “Manejo Clínico da Tuberculose em Crianças e Adolescentes”, promovida pelo Ministério da Saúde. O evento vai envolver 80 médicos e enfermeiros da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), que atuam diretamente no atendimento aos pacientes diagnosticados com tuberculose, com a utilização da plataforma Zoom.

 

 

 

 

Segundo informações do chefe do Núcleo de Controle da Tuberculose da Semsa, enfermeiro Daniel Sacramento, o objetivo é capacitar os profissionais para o atendimento clínico da tuberculose em crianças e adolescentes, fortalecendo as ações de controle da doença, incorporando novos conhecimentos na prática diária nas unidades de Saúde.

 

“Como a capacitação é uma estratégia de ensino baseada em metodologia ativa fundamentada em casos clínicos, os profissionais terão a oportunidade de aprofundar o conhecimento prático em diagnóstico e tratamento de crianças e adolescentes, na avaliação de contatos dos pacientes com rastreio para infecção latente da tuberculose, em relação à vacina BCG, que ajuda a proteger contra as formas graves da tuberculose, e ainda sobre a coinfecção Tuberculose-HIV. A intenção é que os participantes possam também compartilhar o conhecimento adquirido com outros profissionais na rotina da Unidade de Saúde”, informa Daniel Sacramento.

 

A doença

 

A tuberculose é uma doença infecciosa e transmissível, causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis ou Bacilo de Koch (BK), que afeta prioritariamente os pulmões. O principal sintoma é a tosse e por isso a recomendação é para que pessoas com tosse por duas semanas ou mais sejam examinadas, procurando uma das unidades de Saúde da rede municipal para a realização de exames.

 

A transmissão ocorre quando, ao falar, espirrar e, principalmente, ao tossir, as pessoas com tuberculose ativa, ainda sem tratamento, lançam no ar partículas em forma de aerossóis que contêm bacilos, podendo transmitir a doença para outras pessoas.

 

“A Organização Mundial de Saúde (OMS) relata que cerca de nove milhões de pessoas desenvolvem tuberculose a cada ano no mundo, sendo que um milhão de casos ocorrem em crianças com menos de 15 anos. Nesse público, a principal barreira é o diagnóstico, pela dificuldade natural de se obter escarro para a realização do exame, no caso de crianças menores. Assim, a Semsa tem realizado sempre ações de educação permanente para garantir a melhoria da oferta dos serviços, buscando sempre a resolutividade no atendimento”, afirma Daniel Sacramento.

 

Em 2021, a taxa de incidência por tuberculose em Manaus foi de 103,4 casos/100 mil habitantes, com 2.333 casos novos de tuberculose registrados. Em menores de 15 anos, foram notificados 128 casos da doença, com uma incidência de 19,7 casos por 100 mil habitantes. Do total de 128 casos, dez foram diagnosticados em menores de um ano; 35 na faixa etária entre 1 a 4 anos; 30 casos de 5 a 9 anos; e 53 entre adolescentes de 10 a 14 anos.

 

 

— — — 

Texto – Eurivânia Galúcio / Semsa

Foto – Divulgação / Semsa

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse