Notícias

Prêmio de histórias em quadrinhos e artistas do Amazonas conta com apoio da Prefeitura de Manaus

A Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), está apoiando a realização do “1º Prêmio Mapinguari de Quadrinhos”, concurso que vai premiar Histórias em Quadrinhos (HQs) e artistas da região Norte do país. A premiação tem oito categorias e é uma iniciativa do portal Mapingua Nerd. As inscrições começam no dia 30/1 e vão até 20/2. Para conferir o regulamento completo e se inscrever, basta acessar o site oficial da premiação: www.premiomapinguari.com.br.

 

 

 

 

Um dos 269 projetos vencedores do “Edital Prêmio Manaus Zezinho Corrêa 2021”, a premiação tem como foco reconhecer e valorizar artistas e demais envolvidos na produção de quadrinhos da região. O prêmio aceitará inscrições de artistas e obras que tenham sido publicadas entre 30/1 de 2020 a 30/1 de 2022. As categorias são: Melhor Roteirista; Melhor Desenhista; Melhor Colorista; Melhor Arte-finalista; Melhor banca ou comic shop (categoria de voto popular); Melhor Quadrinho; Melhor Tira ou Webquadrinho; e Melhor subproduto ou adaptação.

 

De acordo com o diretor-presidente da Manauscult, Alonso Oliveira, um dos objetivos da gestão do prefeito David Almeida é que projetos como o prêmio de quadrinhos sejam cada vez mais apoiados com a realização de editais de fomento cultural.

 

“Diminuímos as exigências para facilitar o acesso aos editais da fundação municipal e, com isso, contemplamos novos artistas, novos projetos, novas ideias. Sabemos que o setor de quadrinhos em Manaus tem produzido um número cada vez maior de obras, algumas chegando a ganhar projeção nacional, com indicação mais recentes, HQs do Norte foram indicadas a prêmios como o HQMix e o Jabuti”, avaliou Oliveira.

 

O júri da premiação conta com profissionais de destaque no cenário de quadrinhos nacional e amplo conhecimento sobre a área, como Luiz Andrade, que é escritor, produtor, editor e membro da comissão organizadora do prêmio; Belle Felix, jornalista e editora na Panini Comics; Otoniel Oliveira, quadrinista, ilustrador, professor universitário e diretor de filmes de animação; Marcelo Naranjo, um dos editores do site Universo HQ e jurado do Troféu HQMix desde 2014; e Sâmela Hidalgo, produtora editorial no Studio Eleven Dragons e curadora dos títulos da plataforma Social Comics.

 

“Os editais de cultura têm papel fundamental na produção local de quadrinhos, tendo contribuído para o crescimento desse cenário. O Prêmio Mapinguari, que chega para fortalecer e valorizar esse cenário ainda mais, também virou realidade graças ao edital da Prefeitura de Manaus, que selecionou o projeto”, ressaltou o redator publicitário e fundador do Mapingua Nerd, Thiago Henrik.

 

O anúncio dos indicados acontece no dia 25/3 e os vencedores serão revelados em 15/4.

 

Sobre o Mapingua Nerd 

 

O Mapingua Nerd é um movimento de valorização da cultura geek da região Norte que virou referência no assunto desde que surgiu em Manaus, em 2015. Desde então reúne uma equipe de voluntários apaixonados, criativos e talentosos de diversos estados da região, que, através de reportagens, podcast, vídeos e eventos, dão visibilidade a iniciativas locais e refletem a visão do nortista sobre o mundo nerd. Além do site (www.mapinguanerd.com.br), o Mapingua Nerd produz o podcast Taverna do Mapinguari, disponível no Spotify e em todos os agregadores, além de vídeos e outras publicações nos seus perfis no Youtube (/mapinguanerdbr), Facebook, Instagram e Twitter (@mapinguanerd).

 

— — —

Texto – Keize Pedrosa / Manauscult

Fotos – Oliveira Júnior / Manauscult

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse