Notícias

Prefeitura realiza primeira edição do ‘Divas do Agro’ para destacar a importância da mulher no setor primário de Manaus

A primeira edição do “Divas do Agro” reuniu cerca de 250 mulheres dos nove polos da agricultura familiar de Manaus e da região metropolitana. O objetivo da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-AM), é fomentar as discussões sobre a atuação feminina no desenvolvimento do agronegócio, seus desafios e conquistas.

 

 

 

 

De acordo com o secretário da Semacc, Wanderson Costa, a parceria com o Sebrae-AM é importante para colocar em evidência o empreendedorismo feminino, que é muito forte na zona rural.

 

“Hoje, a mulher tem um papel fundamental no empreendedorismo, ela está em várias frentes de negócios e não poderia ser diferente no agro. Nós estamos imprimindo uma gestão presente, que traz consigo a valorização, a humanização e acima de tudo, dando o protagonismo que a mulher merece dentro desse empreendedorismo rural. Ao longo do segundo semestre de 2022, a Semacc estará promovendo vários benefícios à mulher do campo, atendendo a determinação do prefeito David Almeida, para que o setor primário avance e a mulher, que é maioria no campo, tem sido fundamental para que isso aconteça”, destacou o secretário.

 

O “Divas do Agro” reuniu agricultoras familiares, artesãs, pescadoras e, ainda, mulheres cujas ações são voltadas para o empreendedorismo rural. Segundo a diretora-presidente do Sebrae, Lamisse Said, o órgão prioriza muito a mulher empreendedora, daí a importância na realização do evento.

 

“A gente sabe o quanto a força feminina é importante, por isso a realização do primeiro ‘Divas do Agro’, valorizando o empreendedorismo feminino no agronegócio, que é um setor de extrema importância para o desenvolvimento rural, tanto no Amazonas quanto no Brasil, então fazer esse evento é importante para nós mulheres, que temos que trazer essa questão do envolvimento, do empoderamento pessoal e profissional, para que elas cresçam e produzam cada vez mais”, enfatizou a diretora.

 

A Luciana Dias, que mora há oito anos no ramal do Brasileirinho, onde extrai própolis de abelhas sem ferrão e o óleo da andiroba, destacou que há muito tempo as mulheres deixaram de ser apenas esposas ou filhas de donos de terras, para se tornarem as donas de seus próprios negócios, no campo. Segundo ela, o “Divas do Agro” vai dar mais visibilidade ao trabalho que elas realizam no setor primário.

 

“O evento está superando as minhas expectativas. Eu espero levar o máximo de conhecimento possível a minha comunidade, para as outras mulheres que por algum motivo não puderam estar aqui, para que todas possam crescer juntas”, afirmou a produtora rural.

 

A primeira edição do “Divas do Agro” também contou com exposição e comercialização de produtos como artesanato, doces, biocosméticos, biojoias, plantas ornamentais e outras produções. Segundo a diretora de Agricultura e Abastecimento da Semacc, Meyb Seixas, o encontro reuniu mulheres de todos os polos da agricultura familiar.

 

“Temos aqui mulheres de Presidente Figueiredo, Careiro Castanho, Careiro da Várzea, Iranduba e mulheres dos nove polos rurais de Manaus, expondo produtos, trocando ideias, inspirando outras mulheres e o melhor de tudo, fazendo negócios. Esse evento é para elas, para que elas possam cada vez mais crescer e se empoderar”, finalizou a diretora

 

— — —

Texto – Dalva Andrade / Semacc

Fotos – Marinho Ramos / Semacc

 

 

Disponíveis em – https://flic.kr/s/aHBqjzZ6Qe

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse