Notícias

Prefeitura realiza 2ª Reunião Estratégica de Gestão PRÓ-Saeb com gestores da DDZ Sul

Gestores de 69 escolas da Prefeitura de Manaus, que fazem parte da Divisão Distrital Zonal (DDZ), da Secretaria Municipal de Educação (Semed), participaram nesta terça-feira, 14/9, da 2ª Reunião Estratégica de Gestão do PRÓ-Sistema de Avaliação da Educação Básica (PRÓ-Saeb). O objetivo do encontro, que ocorreu na Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), zona Centro-Sul, foi fortalecer as estratégias já realizadas pelas unidades de ensino, para alcançar os resultados na avaliação deste ano.

 

 

A chefe da DDZ Sul, Jecicleide Nascimento, disse que o encontro é uma troca de experiência entre os gestores. “Estamos proporcionando esses encontros para que os gestores possam compartilhar as práticas realizadas na escola. É importante enfatizar que nós não estamos somente com os gestores do 1º ao 9º ano, mas com os da educação infantil também, porque compreendemos que o processo de aprendizagem inicia nesta modalidade”, salientou.

 

De acordo com o gerente pedagógico da DDZ Sul, Renato Júnior, o trabalho realizado pela divisão é importante para dar suporte aos gestores nas escolas. “Houve um compartilhamento das estratégias exitosas de alguns gestores, passando suas experiências para os demais das outras escolas. Foi uma troca de experiência muito enriquecedora, quando eles colocaram as suas ações, suas estratégias para a melhoria dos resultados e o alcance das metas. Essa preparação visa os bons resultados no Saeb e das metas da Semed de 2021”, explicou.

 

Experiências
A gestora Amanda Macanoni, do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Odete Puga, bairro Petrópolis, apresentou duas experiências exitosas realizadas em sua unidade, que envolvem não apenas os alunos, mas beneficiam pais ou responsáveis.

 

“O check-list conta os 30 aspectos experienciais que a gente precisa abordar durante o trimestre e, a partir dele, verificar uma amplitude do que foi trabalhado nas salas de referência. Outro ponto foi a importância das parcerias com os órgãos públicos, como a UBS (Unidade Básica de Saúde) de Petrópolis e o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) da Cachoeirinha. Algo que tem ajudado com as demandas e as ofertas de trabalho para a comunidade escolar”, disse.

 

Para a gestora Regeane Benevides Chaves, da escola municipal Sérgio Alfredo Pessoa Figueiredo, bairro Presidente Vargas, que conta com 216 alunos, do 1º e 5º ano do ensino fundamental, o fato de socializar sua experiência sobre as ações para o rendimento escolar dos alunos, é muito gratificante para as outras unidades de ensino.

 

“Todas as nossas práticas são voltadas em experiências vividas em outras escolas a que nós assistimos, conversamos e visitamos. Esse momento aqui foi mais uma troca, para que os gestores pudessem se inspirar, bem como também estou levando algo de experiência para minha escola. É um aprendizado para avaliar as nossas ações e com isso melhorar cada vez mais as nossas práticas”, salientou.

 

— — —

Texto – Paulo Rogério/Semed

Fotos – Alex Pazuello/Semed

 

Disponíveis em –  https://bit.ly/3AeETjn

 

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse