Notícias

Prefeitura prepara projetos estruturantes do Gigantes da Floresta e mirante da Ilha para enviar à licitação

Em um prazo médio de 15 dias, a Prefeitura de Manaus deve enviar, via Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), os editais para lançamento das futuras licitações para as obras de projetos estruturantes da gestão David Almeida.

 

 

Um dos primeiros a ser enviado para a Comissão Municipal de Licitação (CML), até a próxima segunda-feira, 1º/8, é o parque Gigantes da Floresta, resultado de uma parceria entre prefeitura e governo do Amazonas, para a construção da estrutura urbana de grandes proporções, temática, multigeracional e habitacional em uma área de 2,3 quilômetros, em um trecho de prolongamento do Mindu, na avenida Natan Xavier, Novo Aleixo, zona Leste.

 

Os projetos em desenvolvimento são de equipes de arquitetos e engenheiros do Implurb. Segundo o prefeito David Almeida, o parque foi desenhado e concebido para atender a carência por espaços de qualidade entre as zonas Leste e Norte, incluindo um trecho temático para o público de crianças a idosos, um diversificado grupo da nossa população, incluindo Pessoas com Deficiência (PcDs) e com mobilidade reduzida.

 

O complexo contará ainda com um Centro de Atendimento Psicossocial (Caps), com 626,20 metros quadrados, com consultórios, enfermagem, administração, espaço de convivência e toda a estrutura para prestar um serviço de qualidade à população. “Estamos na fase de ajustes de documentação, finalizando o procedimento para o edital ser encaminhado à Comissão de Licitação. Esperamos que, em até 15 dias, esse processo seja finalizado e que o prefeito possa dar ordem de serviço por volta de outubro, para início das obras”, disse o diretor-presidente do Instituto, engenheiro Carlos Valente.

 

Com edital sendo finalizado também existe o mirante e largo da Ilha de São Vicente, no Centro Histórico de Manaus, cuja obra está prevista para ser entregue em julho de 2023. Trata-se da primeira grande área vertical de entretenimento, lazer, contemplação e negócios às margens do rio Negro, na rua Bernardo Ramos com a avenida 7 de Setembro, Centro, na Ilha de São Vicente, a ser construída pela prefeitura.

 

O “Nosso Centro” faz parte do plano de crescimento econômico e social “Mais Manaus”, lançado pelo prefeito David Almeida ano passado. “Ao planejar cidades, criar habitações, reabilitar espaços com precariedade urbana e abandono, se busca, com o suporte da arquitetura, tecnologia, meio ambiente e do urbanismo, melhorar formas de viver, ocupar e agir diretamente na cidade e com a sociedade, mudando dinâmicas da vida cotidiana”, explicou Valente.

— — —

Texto – Claudia do Valle/Implurb

Fotos – Divulgação

Disponíveis em – https://flic.kr/s/aHBqjzZAgY

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse