Notícias

Prefeitura lança programa para retorno seguro às aulas, em parceria com Unicef e Cáritas Arquidiocesana de Manaus

A Prefeitura de Manaus, por meio de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação (Semed), o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e a Cáritas Arquidiocesana de Manaus, lançou nesta quinta-feira, 5/8, o programa “Wash: retorno seguro às aulas”, que vai beneficiar unidades de ensino localizadas em áreas de vulnerabilidade social, com material higiênico e educativo. O início da ação ocorreu na escola municipal Dalvina Silva de Oliveira, bairro Tarumã, zona Oeste.

 

 

 

 

Um dos principais objetivos da ação é auxiliar no combate e prevenção da Covid-19, conforme as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), que determina o distanciamento entre os alunos, uso de máscaras e constante higienização.

 

Por esse motivo, nesta iniciativa, foram entregues para a escola Dalvina, dois pontos de lavagem das mãos dos alunos, nas áreas externas, onde existe um maior fluxo de estudantes. Também houve a entrega de álcool em gel, material informativo, máscaras de tecido e absorventes íntimos, às alunas.

 

O secretário municipal de Educação, Pauderney Avelino, afirmou que o programa e a parceria com renomadas entidades trazem diversos benefícios aos alunos.

 

“Não estamos aqui para simplesmente fazer a entrega de pontos de lavagem de mãos, mas sim para exaltar esse programa, que proporciona saúde, vida, higiene e gera cuidados aos alunos. Esta iniciativa, em parceria com a Cáritas e Unicef, será expandida a outras escolas, para que juntos continuemos com uma agenda positiva de educação, a fim de transformarmos nossos alunos em cidadãos, que possam contribuir para a nossa sociedade, porque este é o objetivo da Prefeitura de Manaus”, destacou.

 

Para Débora Nandja, representante do Unicef, entidade de âmbito internacional que atua com crianças em vários lugares do planeta, vinculada à Organização das Nações Unidas (ONU), destacou que ações como essa promovem a melhoria da prevenção à Covid-19 no ambiente escolar.

 

“O Unicef atua com a visão estratégica, que prevê uma abertura segura das escolas, então para isso ocorrer é preciso ter uma visão integrada com a operacionalização da Cáritas e da Semed, que abriu as portas das escolas e fez a formação dos professores na área de higiene e saneamento, porque as crianças têm o direito de retornar às aulas em um ambiente seguro”, pontuou.

 

O padre Alcimar Araújo, vice-presidente da Cáritas Arquidiocesana de Manaus, entidade da Igreja Católica que trabalha com a caridade, explicou como contribuíram para a operacionalização desse programa.

 

“A partir desse projeto, o Unicef nos procurou para realizarmos uma parceria e com o retorno das aulas com segurança, essa ação se expandiu, assim continuamos com esse projeto nas escolas. Nós somos entidade implementadora do projeto e fazemos o contato com professores e gestores da Semed. Por fim, definimos quais serão as escolas e os pontos de higienização contemplados, sendo essa ação muito positiva para a comunidade escolar”, afirmou.

 

Escolas


Além dessa escola, mais outras oito unidades em vulnerabilidade social, serão contempladas com esse programa. O professor Mauro Brito, gestor da escola Dalvina falou sobre a ação.

 

“É motivo de satisfação, porque atendemos mais de mil alunos entre o 6° e o 9° ano, e precisamos trabalhar essa sensibilização no aspecto de proteger-se contra a Covid-19. Esse programa vai ajudar o aluno a lembrar da importância de praticar a higienização”, pontuou.

 

 

— — —

Texto – Andrew Ericles / Semed

Fotos – Alex Pazuello / Semed

 

Disponíveis em: https://bit.ly/2VmRKB4

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse