Notícias

Prefeitura investe na qualificação profissional e na inserção das mulheres no mercado de trabalho

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), vem desenvolvendo vários projetos voltados à qualificação profissional de mulheres para a reinserção no mercado de trabalho. Um deles é um novo edital com 2 mil vagas de qualificação gratuitas em cursos profissionalizantes on-line destinados ao sexo feminino, que será lançado no dia 15 de março. A equipe do Sine Manaus realizou um evento digital sobre o edital com duas recrutadoras de instituições privadas nesta quarta-feira, 10/3.

 


 

O secretário da Semtepi, Radyr Júnior, disse que o prefeito David Almeida determinou que a equipe da Semtepi desenvolvesse um plano de ação, a fim de buscar novos parceiros que possam mudar o atual cenário da empregabilidade feminina e que  desse todo o suporte às mulheres empreendedoras.

“Os números mostram que as mulheres foram fortemente prejudicadas pela pandemia da Covid-19, iniciada em 2020. Uma parcela expressiva de mulheres perdeu sua ocupação durante esse período; e muitas delas não conseguem uma nova inserção no mercado de trabalho. Disposta a mudar essa realidade, a prefeitura lançou, no dia 1º de março deste ano, um edital com 350 vagas gratuitas destinadas às mulheres. Mais de mil inscrições foram realizadas e, visando contemplar um número maior de mulheres, 700 foram selecionadas – o dobro de vagas ofertadas. Atendendo à grande procura e à alta demanda de mulheres fora da seleção, o prefeito David Almeida nos determinou que lançássemos esse novo edital”, enfatizou o secretário.

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) realizou uma pesquisa sobre a inserção das mulheres no mercado de trabalho no Brasil no terceiro trimestre de 2019 e no de 2020.

Entre o 3º trimestre de 2019 e 2020, o número de mulheres fora do mercado de trabalho aumentou 8,6 milhões, a ocupação feminina diminuiu 5,7 milhões e mais 504 mil mulheres passaram a estar desempregadas, segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No estado do Amazonas, essa taxa subiu de 17,2% em 2019, para 19,6% em 2020.

“Para a juventude feminina, este cenário de pandemia trouxe desilusão e insegurança em relação ao futuro; e, em muitos casos, o abandono dos estudos e da qualificação profissional. Mas a Prefeitura de Manaus pretende reverter este quadro”, assegurou o secretário da Semtepi.

 

— — —

Texto – Divulgação / Semtepi

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse