Notícias

Prefeitura fortalece atenção primária com entrada de médicos residentes

A Prefeitura de Manaus realiza até esta sexta-feira, 5/3, a Semana de Acolhimento e Contextualização da 10ª turma de médicos residentes do Programa de Residência Médica em Medicina de Família e Comunidade (PRMMFC), de forma remota. As atividades acontecem na Escola de Saúde Pública de Manaus (Esap), da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), na rua Penetração, nº 1.689, bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul.

 


São 16 médicos residentes aprovados em processo seletivo realizado pela Comissão Estadual de Residência Médica e inseridos na Semsa por meio do Programa Mais Saúde (Promais), que tem o objetivo de contribuir para a formação e qualificação dos profissionais de saúde enfocando a Atenção Primária, prevenção e proteção à saúde a partir das necessidades dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

O prefeito David Almeida explicou que o investimento na qualificação dos profissionais que vão atuar diretamente nas comunidades é uma prioridade da sua gestão. “Nossa proposta é criar condições para que as pessoas mais vulneráveis possam ter condições de desenvolver suas potencialidades. E a atenção primária, que é a porta de entrada do usuário do SUS, é fundamental nesse processo”, acentuou.

A programação on-line vem sendo desenvolvida desde o dia 1º/3, das 8h às 16h15, com abordagem dos temas:  “O cenário da Atenção Primária à Saúde no município de Manaus”; “Vigilância em Saúde, Sistema de Informação do e-SUS”; “Sistema de Regulação” e outros. As metodologias foram criadas para possibilitar que os residentes tenham uma experiência imersiva nos serviços de saúde do município, com o aprendizado baseado em vivências do cotidiano das comunidades.

O último dia das atividades, nesta sexta-feira, 5/3, será destinado à visita dos residentes aos Distritos de Saúde em que vão atuar. A previsão é que eles já comecem os seus atendimentos na próxima semana.

 

Fortalecimento

 

A secretária municipal de Saúde interina, Aline Rosa Martins, salientou que o impacto do Programa Mais Saúde nas comunidades é significativo porque fortalece a atenção primária no município de Manaus com resultados que ultrapassam a área da Saúde. “Quando a atenção primária é reforçada, os seus reflexos são sentidos na sociedade como um todo. Ao mesmo tempo, os médicos residentes vivenciam o SUS na prática, o que resulta em profissionais mais qualificados”, resumiu.

 

O Programa Mais Saúde Manaus é coordenado e implementado pela Escola de Saúde Pública de Manaus, que define as formas de participação conforme as necessidades do sistema, a partir de celebração de termo de convênio de cooperação técnica, conforme as especificidades de cada projeto.

 

Para o desenvolvimento do Promais são criados subprogramas, que têm duração de até dois anos, improrrogáveis, sem vínculo empregatício, desenvolvidos para atender demandas sociais e do SUS no município de Manaus.

 

— — —

Texto – Tânia Brandão / Semsa

 

Fotos – Divulgação / Semsa

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse