Notícias

Prefeitura firma parceria com Icbeu para projeto Maker Box

Coordenadores dos Centros de Tecnologias Educacionais (CTE), da Prefeitura de Manaus, participaram, nesta terça-feira, 21/6, da apresentação do projeto Maker Box “A caixa que transforma”. A ação é resultado da parceria com o Instituto Cultural Brasil-Estados Unidos (Icbeu). É um projeto-piloto que beneficiará 80 educadores de todas as zonas geográficas da cidade, atendendo alunos do 5º ano do ensino fundamental, podendo ser adaptado até estudantes do 9º ano.

 

 

 

 

Após a apresentação, no laboratório de tecnologia do Icbeu, os coordenadores dos CTE das escolas municipais já podem acessar o site do projeto pelo link www.makerbox.org.br para baixar os dez planos integrados com a nova norma da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) como ferramenta pedagógica, de forma imediata.

 

O chefe da Divisão de Gestão da Tecnologia da Informação (DGTI) da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Tiago Pereira, destacou a importância da parceria, que oportuniza aos educadores uma nova opção de tecnologia para os alunos da rede municipal, já preparando para um futuro melhor.

 

“São linguagens de programação técnica, robótica, pensamento computacional, onde os coordenadores estiveram em um local com toda infraestrutura com impressora em 3D, cortadora a laser, enfim, isso vai ser uma realidade que vai estar muito próxima das nossas escolas. Hoje, a Semed, na administração da secretária municipal de Educação, professora Dulce Almeida, e do prefeito David Almeida, estão propiciando aos nossos alunos a verdadeira educação 4.0”, salientou.

 

Segundo a gestora de Tecnologia Educacional do Icbeu, Cláudia Malheiros, é um momento muito especial de celebrar essa parceria com a Semed, de oportunizar aos educadores uma nova ferramenta pedagógica para os alunos das escolas da rede municipal.

 

“É uma caixa que traz materiais de custo baixo, que pode ser produzida nas próprias escolas públicas e contém as matérias do currículo da BNCC com as novas mudanças, ou seja, as tecnologias aplicadas em todas as áreas. Ele ensina o professor, porque traz planos de aulas, que podem ser baixados do site. Por exemplo, o professor procura a matéria de geografia, e como ele pode aplicar a tecnologia para preparar os alunos a terem habilidade para o século 21”, comentou.

 

De acordo com o coordenador do CTE da escola municipal José Sobreira do Nascimento, Paulo Gravata, essa ferramenta vai ajudar muito no trabalho com os 250 alunos da educação infantil e do 1º ao 9º ano do ensino fundamental.

 

“Esta ferramenta vem ao encontro da educação que hoje estamos desenvolvendo na Prefeitura de Manaus e na Semed, que é justamente movimentar a criatividade, desenvolver a educação de nossas crianças, tanto na zona urbana quanto também na ribeirinha. Nesse material, a criança vai aprender a tecnologia com aquilo que é mais fácil na comunidade, ou seja, usando material reciclado”, disse.

 

 Maker Box

 

A Maker Box é uma caixa com atividades para crianças de 8 a 11 anos, que estimula o protagonismo do aluno no processo de aprendizagem. Ela será distribuída gratuitamente para as escolas públicas parceiras dos Centros Binacionais (BNCs), e traz objetos manipuláveis que podem ser utilizados e reutilizados em muitos contextos diferentes, fomentando a criatividade livre das crianças, sem manuais de montagem. A caixa contempla material didático gratuito, físico e digital, desenvolvido por especialistas em inovação educacional, para apoiar o professor e estimular a cultura do fazer, tudo de acordo com a BNCC.

 

— — —

Texto – Paulo Rogério / Semed

Fotos – Thaís Araújo / Semed

Disponíveis em – https://flic.kr/s/aHBqjzVes8

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse