Notícias

Prefeitura e Conselho de Arquitetura e Urbanismo assinam termo de cooperação técnica

Integração, participação e ações colaborativas. Essas são as palavras que definem o objetivo do Termo de Cooperação Técnica assinado nesta terça-feira, 16/3, entre a Prefeitura de Manaus, via Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), e Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Amazonas (CAU-AM). Assinado na sede do conselho, na avenida Mário Ypiranga Monteiro, nº 696, no bairro Adrianópolis, zona Centro-Sul, o termo vai vigorar por dois anos, criando uma Comissão Integrada de Cooperação (CIC), visando promover melhorias no exercício conjunto profissional e no licenciamento urbano na capital.

 

 

Assinaram o termo o diretor-presidente do Implurb, engenheiro Carlos Valente; o vice-presidente, arquiteto e urbanista Claudemir Andrade; o presidente do CAU, arquiteto Jean Faria; e a vice-presidente, arquiteta e urbanista Cristiane Sotto Mayor.

 

Entre as ações envolvendo as instituições estão o desenvolvimento de palestras, cursos, oficinas e termos de colaboração, além da troca de informações constantes, de forma a permitir que arquitetos e urbanistas tenham maior expertise e conhecimento quanto às leis em vigor, apresentando projetos com maior qualidade técnica.

 

Atividades integradas, participativas e colaborativas para o exercício profissional, bem como atuação técnica para aprimorar os serviços de arquitetura e urbanismo, capacitação, palestras, concursos de projetos e Assistência Técnica para Habitação de Interesse Social (Athis) estão no escopo da cooperação.

 

Para Carlos Valente, o termo vai estreitar relações entre instituições que dialogam sobre o futuro da cidade. “Vamos evoluir na parte de treinamento e desburocratização dos procedimentos para licenciamento de projetos, no eixo licenciamento; e no eixo planejamento teremos a participação de arquitetos e urbanistas, para oferecer sugestões de ideias e propostas na construção de uma cidade melhor, como objetiva a gestão do prefeito David Almeida. O conselho se junta ao Implurb nesse objetivo maior”, disse o diretor-presidente do instituto.

 

O presidente do CAU, Jean Faria, acredita que o documento reflete na melhoria de ganho e conhecimento conjunto, principalmente para os arquitetos que fazem e compõem o conselho. “A partir disso vamos aprender um caderno de referência de projetos mais específicos para o Implurb, para que o profissional possa dar entrada nos projetos e esse retorno seja mais rápido. Faremos workshops, mesa-redonda e cursos em conjunto, o que traz um grande ganho”, afirmou.

 

Hoje o CAU-AM conta com 2.411 profissionais registrados no Amazonas.

 

Retrabalho

 

Dentro do Implurb, um raio-X pontual com diretorias técnicas mostra um volume ainda grande de retrabalho nas análises, que poderia ser equacionado se profissionais da área tivessem mais informação e domínio do Plano Diretor de Manaus, o que acaba, por consequência, atrasando licenciamentos e aprovações em razão de retrabalho e uma série de análises diante de projetos com falhas.

 

 

— — —

Texto – Claudia do Valle / Implurb

Fotos – Divulgação / Implurb

 

Disponíveis em – https://flic.kr/s/aHsmUSuVhC

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse