Notícias

Prefeitura de Manaus se reúne com profissionais para atualização do protocolo de atendimento antirrábico humano em Manaus

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), promoveu nesta sexta-feira, 3/6, no Complexo de Saúde Oeste, no bairro da Paz, a última etapa da série de reuniões com profissionais das unidades de saúde para atualização do protocolo de Atendimento Antirrábico Humano, emitido por nota técnica do Ministério da Saúde.

 

 

 

 

As reuniões para atualização do protocolo foram iniciadas na quarta-feira, 1º/6, direcionadas para 170 profissionais da rede municipal de saúde, entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, que atuam nas 18 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) que são referência para o atendimento antirrábico humano em Manaus.

 

Conduzindo a reunião, a enfermeira Ana Serrão, técnica do Programa Municipal de Profilaxia e Controle da Raiva Humana, explicou que o objetivo foi atualizar os profissionais de saúde sobre o novo protocolo de atendimento, seguindo a Nota Técnica nº 08/Ministério da Saúde, de março de 2022.

 

“A partir da nota técnica, os municípios e Estados têm um prazo para implementar o novo protocolo na rede de saúde. Com a atualização, os profissionais já estão aptos para execução do novo protocolo, que inclui mudança no número de doses de esquema de vacina no caso da profilaxia de pré-exposição, direcionada para pessoas que atuam em profissões com maior risco de contato com animais potencialmente transmissores da doença e de exposição ao vírus causador da raiva, a mudança nos prazos para o esquema de profilaxia de reexposição e orientações sobre o uso racional do imunizante”, informou Ana Serrão.

 

Zoonose

 

A raiva é uma zoonose causada por um vírus que ataca o sistema nervoso central, transmitida por mamíferos, ou seja, pode ser transmitida dos animais para o ser humano, por meio de mordedura, arranhadura ou lambedura, quando ocorre o contato com a saliva de um animal infectado. Animais domésticos, como cães e gatos, e silvestres, em especial morcegos e macacos, são os principais transmissores.

 

Para o controle da doença, a Semsa mantém as ações do Programa de Profilaxia e Controle da Raiva Humana na rotina de serviço da rede municipal, atendendo pessoas que sofreram algum tipo de acidente com animais domésticos ou silvestres.

 

Segundo informações da Semsa, entre janeiro e maio deste ano, o programa realizou 2.775 atendimentos, a maior parte por agressão de cães e gatos, incluindo atendimentos para casos de pré-exposição.

 

Ações desenvolvidas no programa têm como objetivo reduzir o risco para o ser humano por meio de ações de profilaxia (medidas para impedir ou diminuir o risco de transmissão de uma doença), que incluem a vacinação do paciente agredido pelo animal e soro antirrábico, recomendados de acordo com avaliação do profissional de saúde.

 

Durante a reunião para atualização, o médico veterinário Deugles Pinheiro Cardoso, um dos palestrantes e servidor da gerência de Zoonoses da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS/AM), informou que a atualização do protocolo de Atendimento Antirrábico Humano também será feita junto aos outros municípios do Amazonas e lembrou ainda a importância da vacinação antirrábica para cães e gatos, com campanha realizada anualmente.

 

“O que a gente pede é a participação de toda a população para garantir a vacinação de 100% dos cães e gatos. Com cães e gatos vacinados, a população humana fica protegida indiretamente. No caso de agressão por qualquer animal mamífero, é necessário procurar o serviço de saúde para receber as orientações”, indicou Deugles Cardoso.

 

Segundo ele, outra preocupação é em relação aos animais silvestres, principalmente morcegos. “Caso tenha um morcego próximo de você, caído no chão, não entre em contato, coloque uma caixa, balde ou vasilha em cima para que ele não possa voar, acione o serviço de controle de zoonoses para que esse animal seja coletado e que seja feita uma análise para saber se ele tem ou não o vírus da raiva”, recomendou Deugles Cardoso.

 

Serviço

 

A lista com o endereço das 18 Unidades de Referência da rede municipal pode ser acessada no site da Semsa (semsa.manaus.am.gov.br), diretamente pelo link https://bit.ly/ProfilaxiaRaiva.

 

A Semsa também mantém, por meio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), a vacinação antirrábica animal para cães e gatos na rotina de atendimento durante o ano, reduzindo o risco de transmissão da raiva desses animais para o ser humano, além de campanha anual de vacinação na área urbana e rural de Manaus.

 

Para mais informações, a Semsa disponibiliza o Disque Saúde (0800 280 8 280), serviço que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

 

— — —

Texto – Eurivânia Galúcio / Semsa

Fotos – Divulgação / Semsa

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse