Notícias

Prefeitura de Manaus realiza Scratch Day com estudantes da zona norte

Com o intuito de potencializar o desenvolvimento da fluência computacional, a computação criativa e a educação 4.0, a Prefeitura de Manaus realizou nesta sexta-feira, 5/8, o “Scratch Day” da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Norte, da Secretaria Municipal de Educação (Semed). A ação ocorreu no Centro Integrado Municipal de Ensino (Cime) Dra. Viviane Estrela, no bairro Lago Azul, zona Norte.

 

1 - SUGESTAO DE POSTAGEM (7)

 

O Scratch é um software educacional, sendo um sistema de programação em bloco, que está disponível em todos os Centros de Tecnologias Educacionais (CTEs) da Semed. A ferramenta pedagógica tem o intuito de combinar os blocos, fazendo com o que o estudante use sua criatividade, criticidade e raciocínio lógico.

 

Para a assessora de tecnologias da DDZ Norte, Kelly Ojopi, o evento impulsionou o ensino e aprendizagem dos estudantes, voltados à perspectiva da Cultura Maker e Educação 4.0.

 

“O ‘Scratch Day’ é um evento internacional e compartilhar essa iniciativa com nossos alunos é uma satisfação, porque a computação plugada e desplugada aliada a uma educação criativa contribui significativamente para o aprendizado dos nossos estudantes. Foi um momento muito acolhedor e de integração entre as escolas da nossa DDZ Norte”, ressaltou Kelly Ojopi.

 

O evento ocorreu durante o turno matutino e vespertino, com a participação de cerca de 400 estudantes de escolas coordenadas pela DDZ Norte, bem como a presença de coordenadores dos CTEs, assessores pedagógicos e parceiros, como a Super Ensino, Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa. 

 

Estação

 

No evento, existiam nove espaços lúdicos, denominados de estações, a fim de oportunizar aos alunos o acesso a diversos tipos de linguagem de programação, como atividades desplugadas, que são aquelas em que não é preciso o uso de computadores; além de espaço cultura maker “Oficinas Mão na Massa”; oficinas; e dinâmicas com aparatos tecnológicos.

 

Entre as estações, estava o espaço “Pintando o set no Scratch no Lucila”, coordenado pela professora Lilian Cristina, da escola municipal Lucila Freitas, localizada no bairro Colônia Santo Antônio, na zona Norte. A educadora explicou sobre as funcionalidades do espaço.

 

“Em nossa estação, temos os jogos que são trabalhados por meio de materiais recicláveis, que são criados e pensados a partir da ideia de que o ser humano está produzindo muito lixo. Nesse sentido, transformamos esse material, o lixo, em luxo. O Scratch apresenta essa inovação para a gente por meio da matemática e do raciocínio lógico”, enfatizou Lilian Cristina.

 

Experiência

 

Para a aluna do 9° ano da escola municipal Lucila Freitas, Antônia Beatriz, o “Scratch Day” foi um dia de novos aprendizados. “O evento está sendo muito legal e é um incentivo para as crianças a terem mais oportunidades para criarem jogos e brinquedos inovadores. Estou bastante feliz, porque é uma experiência incrível”, comentou.

 

— — —

Texto – Andrew Ericles / Semed

 

Fotos – Thaís Araújo / Semed

Disponíveis em – https://flic.kr/s/aHBqjA1T4M

 

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse