Notícias

Prefeitura de Manaus promove palestra sobre manipulação de alimentos a permissionários de feiras e mercados

A Prefeitura de Manaus promoveu palestra sobre “Boas Práticas de Manipulação de Alimentos”, direcionada a profissionais que trabalham com alimentação em mercados e feiras da cidade. O encontro aconteceu na tarde desta terça-feira, 20/9, no auditório da Galeria dos Remédios, na rua Miranda Leão, Centro, e foi organizado pela Escola de Serviço Público e Inclusão Socioeducacional (Espi), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad).

 

 

 

Com três horas de duração, o objetivo foi capacitar e auxiliar os participantes a aperfeiçoarem o controle sobre requisitos na manipulação dos alimentos, reduzindo assim o risco de doenças associadas ao consumo de alimentos, visando, portanto, a proteção à saúde da população.

 

“O prefeito David Almeida vem investindo na recuperação e modernização de todas as feiras e mercados de Manaus visando oferecer as condições adequadas tanto aos trabalhadores desses locais como para os consumidores. E o setor de alimentação tem sempre uma grande procura. Já faz parte da cultura do manauara, por exemplo, comer pastel na feira. Preparar esses profissionais para que entreguem produtos de qualidade também faz parte dessa reestruturação”, destacou o titular da Semad, Ebenezer Bezerra.

 

A realização da palestra foi indicada pela Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc), durante o Levantamento de Necessidade de Capacitação (LNC) para 2022.

 

“Nós estamos vivendo um novo momento. Estamos entregando as feiras de Manaus revitalizadas e, ao mesmo tempo, levando para eles o ensino, boas práticas, a qualidade no atendimento, a qualidade de como eles podem manipular o alimento da melhor forma possível. São ações orientadas pelo prefeito David Almeida para que, lá na ponta, o cliente se sinta à vontade e volte às feiras e aos mercados”, lembrou o secretário da Semacc, Wanderson Costa.

 

Com a palestra, a prefeitura pretende contribuir não apenas para a melhoria da qualidade higiênico-sanitária, mas para o desenvolvimento das técnicas e procedimentos utilizados na manipulação de alimentos.

 

Impacto

 

Dados do Ministério da Saúde (MS) apontam que, anualmente, em média 600 milhões de pessoas no mundo, adoecem por contaminação alimentar. As doenças transmitidas por alimentos (DTA) representam um importante impacto à saúde pública. Devido ao contato direto, os manipuladores de alimentos favorecem a contaminação alimentar. Portanto, as boas práticas desempenham um papel importante na segurança e na preservação dos produtos alimentícios.

 

O palestrante foi o chef Ramiro Hitotuzi Gomes, graduado em gastronomia regional, com pós-graduação em docência do ensino superior.

 

O conteúdo programático incluiu os temas: Como produzir um alimento seguro nos serviços de alimentação; Hábitos proibidos durante a manipulação de alimentos; Ambientes seguros; A importância da higiene e saúde dos manipuladores de alimentos; Conceitos e diferenças: Manual de Boas Práticas (MPB) e Procedimento Operacional Padrão (POP).

— — —

Texto – Sandra Monteiro / Semad

Fotos – Divulgação / Semad

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse