Notícias

Prefeitura de Manaus promove o 4º Festival de Interpretação Musical ‘Vozes que Encantam’ da EJA

Com o tema “No compasso da música, a Educação de Jovens e Adultos (EJA) faz uma goleada de talentos” a Prefeitura de Manaus, por meio da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Norte, da Secretaria Municipal de Educação (Semed), realizou, na noite desta quarta-feira, 23/11, o 4º Festival de Interpretação Musical “Vozes que Encantam” como forma de despertar, descobrir e valorizar novos talentos, por meio da música de alunos da modalidade de Educação de Jovens e Adultos da rede municipal de Educação. A ação aconteceu na escola municipal Marly Barbosa Garganta, localizada no bairro Terra Nova, zona Norte.

 

 

 

 

O festival teve o objetivo de incentivar a leitura, a escrita e a cultura, por meio das interpretações de músicas por parte dos alunos, que expressem e exponham uma ação educativa, disseminando possibilidades de forma igualitária para o desenvolvimento intelectual em um ambiente escolar prazeroso, lúdico e agradável.

 

Para a secretária municipal de Educação, professora Dulce Almeida, esse evento mostra que a Prefeitura de Manaus, por meio dos seus profissionais, está focada em educar todos e incluir nas mais diversas atividades.

 

“Estão de parabéns os professores de excelência, as pessoas que se preocupam muito com a educação. Muito bom estar aqui, dei aula por muito tempo no noturno, eu sei como é complicada essa situação de estar na escola, permanecer. Não existe outra forma de mudar nossa realidade a não ser com a educação, como estamos mudando na gestão do prefeito David Almeida”, ressaltou Dulce.

 

Rosi Alves, aluna da EJA da escola municipal Ana Sena Rodrigues, explicou o sentimento de poder participar dessa ação. “Estou maravilhada por participar desse evento e estou mostrando que sou capaz”, disse.

 

O tema surgiu de uma proposta pedagógica interdisciplinar  utilizando a Copa do Mundo de Futebol deste ano, realizada no Catar, como núcleo de curiosidade epistemológica, por se tratar de momento singular para trocas de experiências multiculturais.

 

A coordenadora do EJA, da DDZ, Ádria Nascimento, conta que o evento surge para valorizar os estudantes que estudam na modalidade. “O objetivo desse momento é contemplar e fortalecer o trabalho, valorizando os talentos que nossos alunos trazem consigo. Hoje nós estamos com o tema da Copa do Mundo. É nesse ritmo que nós queremos fortalecer o trabalho frente à EJA de Manaus”, completou Ádria.

 

Durante as apresentações os estudantes intérpretes foram avaliados pela mesa de jurados, com músicos renomados do Amazonas, que analisaram os seguintes aspectos da apresentação: afinação, postura de palco, interpretação vocal, ritmo e desenvoltura.

 

Os primeiros seis colocados do 4º Festival de Interpretação Musical na EJA receberam: o 1º Lugar R$ 400 e medalha; o 2º Lugar, R$ 300 e medalha; o 3º Lugar, R$ 150 e medalha; o 4º Lugar, R$ 50 e medalha; o 5º Lugar, R$ 50, e medalha; e o 6º Lugar, R$ 50 e medalha.

 

— — —

Texto – Emerson Santos/ Semed

Fotos – Mário Oliveira/ Semed

Disponíveis em – https://flic.kr/s/aHBqjAgB9P

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse