Notícias

Plano de atendimento a pessoas em situação de rua começa a ser debatido

Em reunião nesta segunda-feira, 3/5, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), começou a discutir estratégias para elaborar de uma forma coletiva o Plano Municipal Intersetorial para Atendimento à População de Rua em Manaus. O processo faz parte das ações iniciadas na última sexta-feira, 30/4, quando teve início as abordagens sociais coletivas às famílias de crianças e adolescentes exploradas na mendicância.

 

Plano de atendimento a pessoas em situação de rua começa a ser debatido

Em apenas três dias de operação, 21 famílias foram cadastradas pela Semasc. A esse número serão somados os cadastros realizados por dez Organizações da Sociedade Civil (OSCs), que também participam da ação, junto com representantes do governo estadual. A atividade será encerrada nesta terça-feira, 4. Todos os dados irão compor o plano municipal.

 

“Com os dados que já foram levantados, temos a base necessária para começar a discutir a construção do plano junto aos outros órgãos como governo do Estado, Poder Judiciário, Ministério Público, Câmara Municipal, OSCs, entre outros. A atual crise sanitária é também econômica e social, o que tem contribuído cada vez mais com pessoas em situação de rua”, afirmou a secretária da Semasc, Jane Mara Moraes.

 

Entre as propostas iniciais estão a intensificação do serviço de abordagem social, fortalecimento do Centro Pop e o levantamento do perfil da população em situação de rua.

 

Na próxima quinta-feira, 6, deverá ser realizada uma reunião com todos os órgãos envolvidos nas ações voltadas para pessoas em situação de rua, para o início da construção coletiva do plano municipal.

— — —

Texto – Leonardo Fierro / Semasc

Fotos – Divulgação / Semasc

 

 

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse