Notícias

Oficinas sobre combate à violência e malefício do uso de drogas é realizada pela prefeitura em escola da zona Oeste

Com a finalidade de oportunizar aos estudantes da rede municipal de ensino experiências de reflexão sobre a prevenção voltadas para práticas de violência e o malefício do uso de drogas, a Prefeitura de Manaus realizou, nesta terça-feira, 3/5, em parceria com a Polícia Militar do Amazonas (PM-AM), a “Oficina de prevenção às violências de todos os tipos e o uso de drogas”. A iniciativa foi idealizada pela Gerência de Atividades Complementares e Programas Especiais (Gacpe), em conjunto com o Grêmio Estudantil.

 

 


 

 

A escola municipal Rodolpho Valle, localizada no bairro Redenção, zona Oeste, foi o local da palestra, que envolveu alunos do 6° ao 9° ano do turno vespertino. A respectiva unidade de ensino atende 940 alunos do ensino fundamental II e da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

 

A gestora da escola, Erika Calheiro, mencionou sobre o impacto dessa ação aos alunos participantes. “Por determinação do prefeito David Almeida e orientação da secretária municipal de Educação, professora Dulce Almeida, estamos abordando este tema, que é muito importante, porque estamos trabalhando a questão da prevenção ao uso das drogas voltada à educação. Então, começando pela nossa comunidade com a ajuda da Prefeitura de Manaus, conseguimos desenvolver nos alunos bons hábitos e torná-los cidadãos conscientes”, enfatizou.

 

O diálogo com os alunos foi conduzido pelo sargento da Polícia Militar do Amazonas, Isaque Lima, que comentou sobre a parceria da Prefeitura de Manaus com o órgão de Segurança Pública, por meio do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd).

 

“Essa parceria viabiliza a entrada do policial até a escola e a abordagem diretamente com os alunos de temas que são necessários, tanto a questão das drogas quanto da violência, porque em muitos casos um ato está vinculado ao outro. Então precisamos fazer este alerta aos alunos, para que eles possam se prevenir”, declarou.

 

Participantes

 

Entre os estudantes que acompanharam a oficina estava a aluna do  9° ano, Saray Maia, que comentou suas percepções sobre o encontro. “Eu acho que esse encontro é muito bom, porque ensina mais aos alunos sobre esse tipo de situação, porque nem todos têm o verdadeiro entendimento sobre esse tema. A vinda do policial à nossa escola é algo bem positivo”, frisou.

 

Para a aluna do 8° ano, Nayana Castro, a palestra foi interessante, bem como retratou a realidade que observa. “Acredito que o uso de drogas dentro da escola é algo errado, assim como disse o palestrante, ou seja, o que está sendo apresentado está bastante presente na nossa realidade. Fica o aprendizado dessa oficina para nós, alunos, temos que ter cuidado e atenção”, declarou.

 

Ao término do encontro, ocorreu a distribuição de materiais informativos sobre a temática.

 

Oficinas

 

As palestras estão ocorrendo desde o fim do mês de abril, sendo o público-alvo as dez escolas que possuem Grêmios Estudantis. Além da Polícia Militar, as oficinas também contam com a parceria da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) e a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

 

As próximas unidades de ensino que receberão as oficinas são: Na zona Norte, as escolas municipais Síria Mamed das Chagas, bairro Santa Etelvina, Professora Dulcenides dos Santos Dias, Colônia Terra Nova, ambas no dia 9/5; escola municipal Abílio Alencar, na zona rodoviária, Km 35, AM-010, no dia 13/5; escola municipal Aristófanes Bezerra de Castro, Cidade de Deus, zona Leste, no dia 23/5; escola municipal Abílio Nery, Flores, zona Centro-Oeste, no dia 27/5.

 

— — —

Texto – Andrew Ericles/ Semed

Fotos – Eliton Santos/ Semed

Disponíveis em –  https://flic.kr/s/aHBqjzNd3m

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse