Notícias

Mais de 20 mil pessoas passaram pelo Festival Folclórico do Amazonas em quatro dias de evento

Em apenas quatro dias, mais de 20 mil pessoas já passaram pela festa mais tradicional da cidade, o 64° Festival Folclórico do Amazonas, realizado no Centro Cultural Povos da Amazônia (CCPA), no Distrito Industrial, zona Sul. O festival, que iniciou no último domingo, 12/6, é promovido pela Prefeitura de Manaus, em parceria com o governo do Amazonas, e segue até o dia 23, sempre a partir das 19h, com entrada gratuita.

 

15.06.22 - Quarta noite do 64° Festival Folclórico do Amazonas agita público no Centro Cultural Povos da Amazônia

 

O diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Alonso Oliveira, conta que a presença do público superou as expectativas da prefeitura nos primeiros dias do festival. Para ele, o sucesso do evento é fruto de um trabalho integrado entre as secretarias municipais.

“Nós iniciamos no dia 12 de junho e a nossa expectativa inicial de público para a primeira noite era de 10 mil pessoas, conseguimos atingir essa meta, e nesses quatro dias tivemos a presença de um público de mais de 20 mil pessoas de forma transitória, aqui no Centro Cultural Povos da Amazônia. Tudo isso é fruto de muito planejamento, hoje estamos realizando esse evento com a participação e integração de todas as secretarias do município”, ressalta.

Quadrilhas, cirandas, cacetinho, tribos, boi-bumbá, danças nacionais, internacionais e nordestinas das categorias Bronze e Prata, se apresentam na arena do CCPA. Os horários e a programação completa do festival podem ser consultados no site da Manauscult (manauscult.manaus.am.gov.br) ou diretamente pelo link https://bit.ly/64°FFA.

A assistente social Gracilene Medeiros, 45, que prestigiou a quarta noite do festival, elogia a organização e policiamento do evento.

“Eu achei tudo muito organizado, está muito bom, vi que a população retornou com força total. Por conta da pandemia, nós ficamos por muito tempo sem nenhuma atração, sem nenhuma diversão. O que eu pude observar hoje é que aqui está muito organizado, cheio de família, tem segurança, as mesas estão liberadas para as pessoas poderem assistir mais próximo, tem barracas com comidas típicas, espaço para as crianças, eu recomendo o evento”, comenta.

A apresentação da quarta noite do evento ficou a cargo dos grupos folclóricos: Cabras do Capitão Cabeleira (dança nordestina), Xameguinho do Xote (dança nacional), Jai Oh (dança internacional), Anjos do Faroeste (quadrilha de duelos), e Junina Diva (quadrilha tradicional), que empolgaram o público presente.

Programação

Quinta-feira (16/6)

19h50 – Abertura do evento

20h – Bandoleiros do Sertão (dança nordestina)

20h45 – João e Maria (quadrilha cômica)

21h30 – Encanto Cirandeiro (ciranda)

22h15 – Anjos Bandidos Show (quadrilha de duelo)

23h – Rancho Luso Brasileiro (dança internacional)

23h45 – Cangaceiros de Juazeiro (dança nordestina)

Sexta-feira (17/6) 

19h50 – Abertura do evento 

20h – União na Roça (quadrilha tradicional)

20h45 – Mercenários na Roça (quadrilha cômica)

21h30 – Odalik (dança internacional)

22h15 – Pistoleiros na Roça (quadrilha de duelo)

23h – Cabras do Capitão Corisco (dança nordestina)

23h45 – Independente do Coroado (ciranda)

Sábado (18/6)

19h20 – Abertura do evento

19h30 – Manto Azul (quadrilha tradicional)

20h15 – Bagaceiros na Roça (quadrilha cômica)

21h – Tradição do Parque 10 (ciranda)

21h45 – Cabras do Capitão Rufino (dança nordestina)

22h30 – Explosão na Roça (quadrilha tradicional)

23h15 – Cangaceiros de Lampião (dança nordestina)

Domingo (19/6)

19h20 – Abertura do evento

19h30 – Castelo das Loucas (quadrilha cômica)

20h15 – Independente da Compensa (ciranda)

21h – Pimentinha na Roça (quadrilha tradicional)

21h45 – Cabras do Capitão Galdino (dança nordestina)

22h30 – Explosão na Roça (quadrilha tradicional)

23h15 – Cangaceiros de Aparício (dança nordestina)

Segunda-feira (20/6)

19h50 – Abertura do evento

20h – São Sebastião (ciranda)

20h45 – Alegria Caipira (quadrilha tradicional)

21h30 – Cangaceiros de Asa Branca (dança nordestina)

22h15 – Papudinho na Roça (quadrilha cômica)

23h – Tradição da Ciranda (ciranda)

23h45 – Explosão de Alegria (quadrilha tradicional) 

Terça-feira (21/6)

19h50 – Abertura do evento

20h – Vingadores de Virgulino (dança nordestina)

20h45 – Sedução da Compensa (ciranda)

21h30 – Mocidade da Roça (quadrilha tradicional)

22h15 – Ciranda do Armando Mendes (ciranda)

23h – Explosão na Folia (quadrilha tradicional)

23h45 – Império da Compensa (ciranda)

  

Quarta-feira (22/6) 

19h50 – Abertura do evento

20h – Rosas da Noite (quadrilha tradicional)

20h45 – Molejo (ciranda)

21h30 – Coração de São João (quadrilha tradicional) 

22h15 – Caipira Rasta Pé na Roça (quadrilha tradicional)

23h – Unidos do Alvorada na Roça (quadrilha tradicional)

23h45 – Brotinhos do Parque (quadrilha tradicional)

Quinta-feira (23/6)

19h50 – Abertura do evento

20h – Meu Reino da Roça (quadrilha tradicional)

20h45 – Império na Folia (quadrilha tradicional)

21h30 – Junina Gaviões na Roça (quadrilha tradicional)

22h15 – Amor de São João (quadrilha convidada)

23h – Os Afobados na Roça (quadrilha convidada)

23h45 – Flor de Liz (quadrilha convidada)

— — —

Texto – Keize Pedrosa/Manauscult

Fotos – Antônio Pereira/Manauscult

Disponíveis emhttps://flic.kr/s/aHBqjzUta6

 

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse