Notícias

Licenciamento urbano da Prefeitura de Manaus tem incremento na arrecadação de 207% em julho

Com saldo positivo na geração formal de empregos no mês de junho, o maior do ano, e o aquecimento do setor em nível nacional, a construção civil tem provocado otimismo e dados positivos no licenciamento urbano da Prefeitura de Manaus. O aumento na entrada de novos processos no Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) em 2021 e a melhoria de tramitações e eficiência, fez a arrecadação na autarquia ter incremento de 207,1% em julho, relativo ao mesmo período de 2020.

 

 

 

 

De janeiro a julho de 2021 foram arrecadados na autarquia R$ 13.095.100,03 contra R$ 7.625.634,64 do ano anterior, uma diferença de R$ 5.469.465,66, ou 71,7%. O Implurb teve arrecadação de R$ 2.507.098,41 em julho, quando no ano passado os recursos foram de R$ 816.189,71.

 

Os maiores volumes de arrecadação são decorrentes de taxas de licenciamento de execução de obras; regularização de edificações; serviços de análise de projetos e de medidas compensatórias. São mais projetos em andamento para construção, licenciamento e aprovação de obras, e regularização de Habite-se junto à Prefeitura de Manaus.

 

“O acréscimo positivo da arrecadação está diretamente relacionado com o incremento e aquecimento de parte da economia. Se licencia mais, se abrem novos negócios, se estimula o comércio, indústria e serviços. Melhoramos procedimentos na gestão do prefeito David Almeida, aumentando a produtividade, associada com a redução de custos e a celeridade das análises, mesmo ainda no regime de teletrabalho para o enfrentamento da pandemia”, afirmou o diretor-presidente do Implurb, engenheiro Carlos Valente.

 

Alvarás

 

Em alvarás de construção, de janeiro a julho de 2021, o Implurb expediu 595 documentos, sendo que no mês passado foram 152. Em julho, chama a atenção o incremento de 92% em área construída licenciada comparando com o mês de junho: foram 320.989,43 metros quadrados contra 166.800,33 metros quadrados. Levando em conta os sete primeiros meses, somente julho corresponde a 39% do total do ano.

Quando comparamos os anos, em número de alvarás, até julho de 2021, o Implurb já ultrapassou todo o ano de 2020 em mais 10%: são 595 certidões agora, contra 540 do ano passado.

 

Julho de 2021 também tem acréscimos positivos, e em alvarás de construção são 181% a mais do que julho de 2020: 152 documentos contra 54 do mesmo período. Em Habite-se, a alta foi de 28,8%: 58 em julho agora e 45 do ano anterior.

 

A construção civil no país vem apontando crescimento e Manaus não é diferente, com a previsão de lançamento de 34 mil unidades habitacionais, conforme adianta Valente.

 

 

— — —

Texto – Claudia do Valle / Implurb

Foto – Implurb / Arquivo

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse