Notícias

Gestores das escolas da Prefeitura de Manaus recebem orientação sobre melhorias na qualidade do ensino

Os gestores das unidades de ensino da Prefeitura de Manaus, que fazem parte da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Leste II, da Secretaria Municipal de Educação (Semed), participaram nesta sexta-feira, 17/9, de uma reunião sobre o lançamento do programa “Plano 30” e também receberam orientações sobre o Programa Orçamento na Escola (Proesc). As ações ocorreram no auditório do Instituto Soka Amazônia, localizado no bairro Colônia Antônio Aleixo, zona Norte.

 

 

 

 

O secretário municipal de Educação, Pauderney Avelino, também participou do evento e disse que a qualidade de ensino da rede municipal irá melhorar muito com esses incentivos.

 

“Lançamos hoje o Proesc, que vai dar mais autonomia para o gestor da escola, mais agilidade e condições, para que ele resolva problemas que antes tinha que pôr no sistema, demandar o distrito, que encaminhava para a engenharia e não tinha prazo para iniciar os serviços. Esse é um instrumento que nós realizamos e que se tudo der certo vamos reduzir custos e solucionar essas demandas estruturais das escolas”, disse Avelino.

 

O Proesc, que foi lançado nesta sexta pelo prefeito David Almeida, vai disponibilizar a todos os gestores das mais de 500 escolas da rede municipal, uma verba que será um instrumento ágil, fundamental para a manutenção e outras despesas relacionadas com a atividade educacional, contribuindo para a melhoria da qualidade dos serviços prestados à população, por meio das escolas do município de Manaus.

 

Plano 30

 

O Plano 30 acontece dentro da Divisão Distrital Zonal Leste II, por meio

das escolas de 1° ao 9° ano, que vão ser submetidas a avaliação do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

 

Segundo a chefe da DDZ Leste II, Maria do Perpétuo Socorro, o Plano 30 envolve ações intensas que as escolas vão promover, para atender as necessidades imediatas e prioritárias dos gestores de toda a comunidade escolar.

 

“Nós vamos ter reuniões com os pais, para explicar o que é o Saeb, quais são as metas projetadas, vamos realizar simulados, dar um ganho no reforço dos ensinos e realizar palestras, para que os alunos possam entender a importância que eles têm. E realizando reuniões como hoje, envolvendo todos os gerentes da distrital, assessores e colaboradores, nós podemos realizar um programa bem completo”, disse Maria do Perpetuo Socorro.

 

A prova do Saeb é uma avaliação nacional, que compõe a nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), coordenado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), sendo uma autarquia federal vinculada ao Ministério da Educação (MEC).

 

A ação é coordenada pela Divisão de Avaliação e Monitoramento (DAM) da Semed e busca avaliar as habilidades e competências desenvolvidas pelos estudantes nos componentes curriculares de língua portuguesa e matemática.

 

Setembro Amarelo

 

O evento contou ainda com a participação da palestrante e coach Cybele Monteiro, que falou sobre fortalecer a saúde emocional e promover uma atividade motivadora aos servidores da rede municipal de ensino.

 

“O evento foi muito bom e alcançou o objetivo de motivar e, também de apoiar nossos professores, gestores e demais servidores nesse momento do Setembro Amarelo”, disse.

 

A iniciativa do Setembro Amarelo está sendo realizada durante este mês nas unidades de ensino, e o objetivo é potencializar um espaço promotor de ações de valorização da vida, além de intensificar o diálogo sobre saúde mental com toda a comunidade escolar.

 

 

— — —

Texto – Ricardo Ramos / Semed

Fotos – Eliton Santos / Semed

Disponíveis em – https://flic.kr/s/aHsmWFyfMi

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse