Notícias

Crianças do Alvorada participam de oficina de Audiovisual

A Prefeitura de Manaus, por meio do Conselho Municipal de Cultura (Concultura) e a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), iniciou, nesta segunda-feira, 25/4, o projeto “Conhecendo o Audiovisual”, que segue até a próxima sexta-feira, 29, no horário das 18h30 às 21h30, na escola municipal Comendador Cândido Honório, no bairro Alvorada, zona Centro-Oeste. O projeto tem por proposta introduzir de forma lúdica e prática o mundo do audiovisual na vida das 30 crianças participantes da oficina.

 

Crianças do Alvorada participam de oficina de Audiovisual

 

“Temos visto nessas comunidades carentes de todas as cinco zonas da cidade, exemplos de dedicação e amor à arte realmente inspiradores e transformadores nas vidas dessas crianças e jovens”, observa o presidente do Concultura, Tenório Telles, sobre o alcance e nível que tomaram as oficinas de cultura.

A proponente do projeto no edital “Manaus Faz Cultura”, a atriz e produtora manauense Bitta Catão, explica os objetivos que quer alcançar com a oficina. “Quero trazer para o Alvorada dois produtores de elenco, e para isso, preciso que nossas crianças estejam preparadas”, comenta.

Ela explica que levou a oficina para o bairro onde cresceu e mora atualmente, por acreditar no potencial do público interessado. “Nada melhor que começar pela minha comunidade, vejo um grande potencial e interesse desse público, e é um local que carece de cultura”, comenta Bitta, que também espera revelar novos talentos e estimulá-los a participar de grandes produções audiovisuais.

“A oportunidade viabilizada pelo edital Manaus Faz Cultura é ótima, pois vi uma maneira de ser uma ponte para a descoberta de futuros profissionais do audiovisual”, destaca.

Celebridades

A produtora aposta também na participação de dois atores e diretores globais, para movimentar o projeto. O convite feito ao ator e diretor Amaury Lorenzo, segundo Bitta, deverá ser aceito, devido ao amor em comum que eles têm pela arte. “Queremos levar para nossas crianças esse amor e não a fama, ele é meu amigo e abraçou o projeto”, salienta a produtora, que também revelou que eles têm um novo projeto para ser executado em Manaus no início do ano que vem.

Além de Lorenzo, ela também aposta na participação de Matheus Nachtergaele, diretor do filme “A festa da menina morta”, longa-metragem em que Bitta atuou. “Hoje tenho o Matheus Nachtergaele como meu padrinho artístico e que sempre me apoia nas minhas produções. Ele me concedeu um vídeo para apresentar hoje na oficina”, conta.

Programação

O primeiro dia de atividades abordou a proposta do projeto, além de uma conversa entre os responsáveis pelos participantes com a psicóloga Keila Gomes. O segundo dia terá uma oficina de Produção, com a diretora e produtora de Audiovisual, Ana Lígia Pimentel. Para o terceiro dia está programada a segunda oficina do projeto, sobre Técnica, com o diretor de Fotografia, Robert Coelho. No quarto dia de projeto está prevista a oficina de Atuação, com o ator e diretor Amaury Lourenço. O quinto e último dia de atividades será a cerimônia de encerramento das oficinas com entrega de certificados.

— — —

Texto – Cristóvão Nonato / Concultura

Fotos – Bitta Catão/Divulgação

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse