Notícias

‘Corrida do Abracinho’ abre a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência  

Com o tema “Inclusão: um processo construído por todos”, a Prefeitura de Manaus deu início, na tarde desta segunda-feira, 23/8, à programação da Semana da Pessoa com Deficiência (PcD), com a “Corrida do Abracinho”, realizada complexo turístico Ponta Negra, zona Oeste. A atividade abriu oficialmente as ações da 10ª edição dos Jogos Adaptados André Vidal de Araújo (Jaavas), promovida pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) desde 2014.

 

23.08.21 Abertura do JAAVA 2021

 

Este ano, para evitar aglomerações, a Semed pretende envolver aproximadamente 500 participantes em uma série de atividades desportivas, de acordo com os limites de cada criança envolvida, e atendendo todos os protocolos sanitários de combate à Covid-19.

 

Na abertura do evento, o secretário municipal de Educação, Pauderney Avelino, destacou que os Jaavas têm o papel de promover um espaço propício de inclusão por meio do esporte, além de ampliar as oportunidades de socialização e aquisição de hábitos saudáveis entre os PcDs.

 

“Esse é um trabalho que nós, junto com o prefeito David Almeida, fazemos com muito amor e que damos total apoio, seja aos nossos alunos ou de municípios vizinhos. Isso é muito importante, porque faz com que essas famílias, essas crianças possam efetivamente ter esse tipo de inclusão. O nosso amor por essas crianças é enorme e a Semed vai continuar trabalhando, para que elas sejam cada vez mais respeitadas e se sintam felizes em nossa cidade”, disse.

 

De acordo com a coordenadora do Jaavas, Shirley Amaral, a edição de 2021 vai seguir todos os protocolos de segurança e como nos outros anos, respeitando a individualidade e capacidade de cada aluno.

 

“Como este ano temos a questão da pandemia, resolvemos fazer com um público menor, com mais cautela, e, principalmente, respeitando todos os protocolos de segurança sanitária determinados pelos órgãos de saúde da prefeitura e do Estado. Mas sem sombra de dúvida vamos ter um grande evento, como nas outras edições, primeiro é um evento muito esperado na nossa cidade e segundo pela importância em si da atividade”, explicou.

 

Corrida

A Corrida do Abracinho foi marcada pela emoção e pelo sentimento de superação dos participantes e seus familiares, porque mesmo com suas limitações os corredores esbanjaram entusiasmo e alegria durante o evento esportivo a céu aberto.

A corridinha, destinada para o público de 1 a 12 anos, contou com a participação de aproximadamente 150 pessoas entre familiares e corredores. Entre elas, pessoas com paralisia cerebral e visual e cadeirantes. Os corredores realizaram um percurso de 5 a 20 metros.

A pequena Alice Bianca Medina, 8, diagnosticada com síndrome de Down, estuda no ensino regular na escola municipal Moisés de França Viana, localizada no bairro Tancredo Neves, zona Leste, além disso, é atendida no Centro Municipal de Educação Especial (CMEE) André Vidal de Araújo, situado no bairro Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul. Segundo a mãe da criança, a dona de casa, Andreia de Souza, a corridinha é algo que já faz parte do calendário da família há dois anos.

“Alice adora esse evento, tanto é que ela fica ansiosa por ele e sempre me pergunta dias antes dele acontecer, lógico com suas palavras. Até me emociono, por isso, ela e eu só temos que agradecer por essa iniciativa, por esse momento”, declarou Andreia.

 

O evento também contou com a participação de dez corredores da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae-Iranduba), além de seus familiares.

 

Para o autônomo Luiz de Sousa, que levou o filho Nelis Souza, 8, para participar pela primeira vez do evento, a iniciativa é muito importante para a vida das crianças.

 

“Dá para perceber no rosto dessas crianças o quanto esse evento é tão importante na vida delas, porque aqui eles interagem com pessoas que têm a mesma dificuldade que eles, as crianças se divertem, extravasam suas energias e ficam super felizes com isso tudo. Espero que venham outras e outras corridinhas e o Jaavas, para eu trazer meu filho e todas essas crianças tenham esse momento de lazer e ao mesmo tempo de inclusão”, frisou.

 

Programação

Nesta terça-feira, 24, terão atividades de atletismo divididas em corrida, arremesso de peso e salto, realizadas na Vila Olímpica de Manaus, no Dom Pedro, com concentração a partir das 7h30.

 

Na quarta-feira, 25, acontecerá o circuito, que consiste em provas adaptadas feitas em várias estações. Ao longo da programação serão trabalhados pontos como: desenvolvimento psicomotor, estímulo à independência e autonomia, prevenção de deficiências secundárias e raciocínio lógico dos participantes. A concentração será às 7h30.

No mesmo dia, às 14h, haverá palestra para professores, com o tema “Professores x Inclusão: fortalecimento do vínculo afetivo na aprendizagem dos estudantes”, com transmissão pelo canal Semed Educação Manaus, no YouTube. Na quinta-feira, 26, às 8h, será realizada a palestra sobre estímulo e avaliação também pelo canal Semed Educação Manaus, no YouTube.

A programação será finalizada no dia 27, com a caminhada: passos para inclusão, realizada no Parque Municipal do Idoso (PMI), zona Centro-Sul, onde terá uma série de atividades, entre elas um culto ecumênico, às 8h.

— — —

Texto – Emerson Santos / Semed

 

Fotos – Alex Pazuello e Eliton Santos

 

Disponíveis emhttps://bit.ly/2XVffCd e https://bit.ly/3kc2D0E

 

 

 

 

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse