Notícias

Concessionária de água deve explicar desabastecimento no conjunto Canaranas

Reclamações de usuários encaminhadas à Ouvidoria e também às redes sociais da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman), sobre o desabastecimento de água no conjunto Canaranas, zona Norte de Manaus, levaram o órgão a notificar a empresa Águas de Manaus para que em até sete dias, a concessionária informe as causas do ocorrido, bem como as medidas tomadas para sanar o problema. A notificação foi encaminhada à empresa na última segunda-feira, 11/5.

 

Fonoaudiólogos promovem lives para profissionais de educação

 

Conforme os moradores, o desabastecimento tem ocorrido constantemente, no entanto, em dias alternados e sem qualquer aviso prévio.

 

O diretor-presidente da Ageman, Fábio Alho, lembra que é obrigação da empresa, prestar os serviços de modo a atender as necessidades de interesse público, correspondendo às exigências de qualidade, continuidade, regularidade, eficiência, atualidade, generalidade, cortesia na sua prestação, segurança e modicidade das tarifas, conforme previsto no Contrato de Concessão do serviço de abastecimento de água e esgotamento sanitário, firmado entre a Prefeitura de Manaus e a concessionária.

 

“Notificamos a empresa para que ela nos preste os devidos esclarecimentos a respeito do que de fato está ocorrendo naquela área. Sabemos que estamos vivenciando um momento delicado e um desabastecimento de água, durante uma pandemia, é algo que gera muitos transtornos aos usuários que estão em suas casas com seus familiares em isolamento social. A empresa ainda está com prazo e vamos aguardar”, informou Fábio.

— — —

Texto – Tereza Teófilo -Ageman

Foto – Divulgação / Ageman

 

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse