Notícias

Bolsistas que atuam nas cozinhas comunitárias são certificados com o curso de manipulação de alimentos

Setenta e cinco bolsista do Projeto Passaporte para Inclusão Social que atuam nas Cozinhas Comunitárias da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh) foram certificados pelo término do curso de Manipulação de Alimentos, na tarde desta quarta-feira, 27/9. A qualificação é uma parceria entre a Prefeitura de Manaus, por meio do órgão municipal e o Serviço Social do Comércio (Sesc), por meio do Programa Mesa Brasil.

 

Para a diretora do Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional da Semmasdh, Marília Ribeiro, o aprendizado vai aumentar a qualidade do serviço oferecido nas seis cozinhas comunitárias, além de propiciar chances no mundo do trabalho para os bolsistas.

 

“Nós trabalhávamos com uma mão de obra que não era qualificada, então buscamos um curso para qualificar nossos bolsistas, uma vez que, quando eles saem da condição de bolsistas, vão atrás de oportunidades no mundo do trabalho. Essa certificação é um passo para se conseguir um emprego formal nas empresas do ramo alimentício”, salientou.

 

O curso teve carga horária de 15 horas, e os alunos puderam aprender sobre: Higiene Comportamental Pessoal; Manipulação de Alimentos (higiene ambiental e de utensílios); Cuidados na Preparação de Alimentos; Organização e Controle de Almoxarifado; Transporte de Alimentos; Noções Básicas de Alimentação e Nutrição e Aproveitamento Integral dos Alimentos.

 

Para a participante do curso, Mônica Gomes, de 55 anos que trabalha como bolsista na cozinha comunitária do bairro Colônia Oliveira Machado, Zona Sul, o aprendizado foi crucial para o desempenho das tarefas diárias na cozinha.

 

“O curso significou muito para mim, pois é um bom projeto, no qual aprendemos a manipular os alimentos de maneira correta. Eu já fiz esse curso uma vez, porém eu já tinha esquecido, e com essa oportunidade eu pude relembrar e reaprender”, disse emocionada a bolsista.

 

Cozinhas Comunitárias

A Semmasdh possui seis cozinhas comunitárias nos bairros da Panair, Colônia Oliveira Machado, Vila da Felicidade, Colônia Antônio Aleixo, Santo Agostinho e Val Paraíso.

 

No total, aproximadamente, 1.200 refeições são oferecidas nas seis cozinhas diariamente aos usuários sem nenhum custo. Atualmente, o Programa de Segurança Alimentar e Nutricional da Semmasdh recebe doações de alimentos da sociedade civil em geral, além do Mesa Brasil em parceria com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

 

Passaporte

O Projeto Passaporte para Inclusão Social é administrado pela Semmasdh e organiza ações e serviços de Proteção Social de Média e Alta Complexidade, direcionados ao atendimento de pessoas que se encontram em situação de rua ensejando apoio e todas as condições indispensáveis ao enfrentamento e superação de dificuldades, fragilidades e necessidades, favorecendo o protagonismo, o exercício da cidadania e a reinserção socioeconômico, familiar e comunitário.

 

Todos os usuários do projeto são beneficiados com a Bolsa Auxílio Emergencial concomitantemente inseridos, de acordo com suas reais possibilidades, em eventos de capacitação para o trabalho e atividades de Produção e Renda, sem vínculo empregatício.

 

Texto: Alexsandro Machado/ Semmasdh

Fotos: Divulgação / Semmasdh

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh): 3215-4616

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse