Notícias

Zona Oeste recebe projeto Cuidador Comunitário

Com o propósito de fornecer à comunidade informações  sobre os cuidados que os idosos necessitam no seio familiar, teve início nesta terça-feira, 12/9, a terceira turma do curso Cuidador Comunitário, cujas aulas serão ministradas na Paróquia de São Raimundo Nonato, localizada na praça Ismael Benigno, bairro São Raimundo, zona oeste de Manaus. As aulas serão realizadas às terças e quintas-feiras, no horário das 14h às 16h.

 

O curso é uma iniciativa da Prefeitura de Manaus, por meio da Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), em parceria com a Fundação Doutor Thomas (FDT).

 

“Cuidar de uma pessoa idosa é uma tarefa de muita responsabilidade. É necessário administrar a medicação, a alimentação e as atividades adequadas para a terceira idade. Tenho certeza de que todos os participantes do curso sairão melhor do que entraram. Nós, Espi e FDT, estamos juntos nessa montagem de ofertar uma formação que venha a melhorar a vida de todos enquanto pessoas e profissionais”, observou a diretora executiva da Espi, Arlene Bonfim, durante a abertura das atividades.

 

A  presidente da FDT, Martha Moutinho, destacou a importância do cuidador comunitário para evitar a institucionalização de idosos sem necessidade. “A Prefeitura de Manaus tem uma grande preocupação com a qualidade de vida na terceira idade e esse projeto reforça isso.

 

Se existe alguém com capacidade de cuidar de um familiar, um amigou ou um vizinho, não há necessidade de institucionalizar aquele idoso. A ideia é só levar para a Fundação Doutor Thomas os idosos sem condições de ficar em casa, pois é muito importante que eles permaneçam no seio familiar, convivendo com seus parentes e amigos”, observou.

 

Nova turma

A próxima turma do projeto, que já passou pelas zonas sul e leste da capital, será no Movimento Amigos da Zona Norte, em outubro. Podem participar da atividade pessoas acima de 18 anos, de qualquer nível de escolaridade. Mais informações sobre o projeto Cuidador Comunitário podem ser obtidas pelo telefone 3639-7996.

 

Texto: Caetaninha Cavalcanti / Espi

Fotos: Caetaninha Cavalcanti / Espi

Disponíveis em: https://flic.kr/s/aHsm4YcWjJ

Assessoria de Comunicação da Escola do Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi): (92) 3215-4666

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse