Notícias

Unidades Básicas de Saúde

A Prefeitura de Manaus anuncia a adesão ao Programa Nacional de Telessaúde Brasil. A iniciativa irá permitir a utilização nas Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) de ferramentas de telemedicina que favorecem a capacitação e a qualificação dos profissionais, além de propiciar apoio ao diagnóstico e tratamento dos pacientes por meio de uma rede de comunicação on-line, que envolvem instituições de saúde, institutos e universidades de referência no Brasil.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) está realizando estudo para implantação do programa piloto em duas UBSF, para posteriormente expandi-lo para mais seis unidades, uma vez que a rede Telessaúde Brasil disponibiliza oito pontos para a capital.  A idéia, segundo o secretário municipal de Saúde Francisco Deodato, é que os pilotos sejam implantados nas áreas mais distantes, como região do Puraquequara e Colônia Antônio Aleixo.

“Estamos fazendo um levantamento para verificar nesses locais a viabilidade de Internet, o meio de comunicação pelo qual o programa é executado”, explicou o secretário.

Coordenado pelo Ministério da Saúde, o Programa Nacional de Telessaúde Brasil tem articulação com outros ministérios, universidades públicas, órgãos e entidades das áreas de saúde e educação. O Núcleo Estadual é coordenado pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA), que já possui pólos no interior e agora firmará parceria com a Semsa para implantação na capital.

Uma das vantagens do Programa de Telessaúde, segundo Francisco Deodato, é o aumento da resolutividade de patologias na assistência básica uma vez que uma das finalidades da rede é o apoio ao diagnóstico, o que pode diminuir o encaminhamento de pacientes para a média e alta complexidade. Experiências do núcleo estadual demonstram que houve redução do número de pacientes encaminhados do interior para a capital.

O Telessaúde Brasil constitui-se em uma rede interligando importantes instituições de ensino e serviços de saúde em um processo de trabalho cooperado online. Por meio da tecnologia de informação e comunicação, o programa permite a ampliação das ações de profissionais e agentes comunitários da Estratégia Saúde da Família, integrando-os a serviços localizados em hospitais e centros médicos de referência, mantendo um mecanismo de atendimento contínuo para prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças.

Também possibilita o desenvolvimento à distância dos profissionais das equipes de Saúde da Família, com a utilização de biblioteca virtual, videoconferências, habilidades presenciais e virtuais, canais públicos de televisão, vídeo streaming e chats.

“Esse programa é interessante porque os profissionais atuam em uma rede colaborativa que permite, entre outras coisas, agilizar a identificação e solução de problemas de saúde, reduzindo os custos de processo para o Sistema Único de Saúde”, destacou a técnica responsável pelas ações estratégicas da Semsa, Neide Negreiros.

De 3 a 4 de junho, ela participou, em Brasília, do 1º Seminário Telessaúde Brasil, que reuniu representantes instituições, universidades, secretarias municipais e estaduais de saúde com a finalidade de divulgar o programa, apresentar as experiências de quem já adota a Telessaúde e buscar novas adesões.

“O foco do seminário foi principalmente os gestores de saúde que assumiram este ano”, observou Neide, que representou o secretário Francisco Deodato. Segundo Neide Negreiros, a ferramenta de Telessaúde foi apontada no seminário como um recurso que vem reduzindo encaminhamentos, muitas vezes desnecessários, feitos da atenção básica para a média e alta complexidade.

O programa possibilita a integração entre instituições com áreas de excelência complementares em saúde e educação, o que permite criar um núcleo de compartilhamento de conteúdos educacionais e assistenciais. “O médico que está atendendo na ponta pode entrar em contato com o centro de referência, apresentar os exames, relatar a situação do paciente e obter dele apoio para o diagnóstico, sem precisar fazer um encaminhamento para especialista”, destaca a técnica.

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse