Notícias

Torcedores dão show de solidariedade e consciência ambiental na Arena

Na noite deste sábado, 4/5, quase 26 mil pessoas assistiram à partida entre Vasco e Corinthians, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro de Futebol, na Arena da Amazônia, zona Centro-Oeste, levando solidariedade e sustentabilidade para o jogo. O evento, que terminou empatado em um a um, contou com a estrutura da Prefeitura de Manaus, envolvendo diversas secretarias para garantir comodidade e segurança aos torcedores, dentro e fora do estádio.

 

04.05.2019 Jogo Vasco x Corinthians
Um dos pontos marcantes do jogo foi a conscientização ambiental, com a distribuição de 50 mil eco-sacos, de 15 litros cada, executada pela Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp). As sacolas de lixo ecológicas foram produzidas pela Associação de Reciclagem e Preservação Ambiental (Arpa) e foram entregues aos torcedores nas entradas do estádio. Após a partida, os manauaras puderam descartar os resíduos em uma das 40 gaiolas instaladas em pontos estratégicos.

 

O secretário da Semulsp, Paulo Farias, ressaltou o exemplo que a capital amazonense apresenta ao restante do país. “O prefeito Arthur Virgílio Neto, que abraça a causa ambiental, orientou que a secretaria de limpeza apoiasse o evento e notamos, após a distribuição dos sacos, a belíssima postura dos torcedores. Nós vimos muitas pessoas fazendo uso do saco, guardando seu lixo e isso é motivante, tanto para o nosso Estado quanto para os demais”, destacou.

 

Para o professor universitário Marcos Paiva, a iniciativa é fundamental pois contribui com a educação ambiental do povo manauense. “As pessoas devem se habituar a não jogar lixo na rua e no esgoto, pois isso tudo volta. É uma questão de consciência e de criar novos hábitos. A atitude está de parabéns, pela proposta de conscientização”, pontuou. Após o jogo, servidores da Semulsp também fizeram um mutirão de limpeza nas vias próximas ao estádio.

 

Outro movimento de destaque foi a solidariedade. Os amantes do futebol contribuíram com um quilo de alimento não-perecível no ato da entrada. A iniciativa foi coordenada pelo Fundo Manaus Solidária e os donativos vão ser destinados às famílias vítimas do incêndio no bairro Educandos, ocorrido em dezembro de 2018, aos abrigos de venezuelanos geridos pelo município e às famílias em vulnerabilidade social, acompanhadas pela instituição.

 

“Nós estamos muito felizes com a participação do público na arrecadação, pois logo após os portões se abrirem, já tínhamos pilhas de alimentos. Então, eu acredito que as pessoas estão entendendo a proposta da primeira-dama e presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro, que é de abraçar a causa de pessoas que precisam da nossa ajuda”, frisou a vice-presidente do Manaus Solidária, Mônica Santaella, acrescentando que os alimentos vão ser organizados e, posteriormente, distribuídos às famílias cadastradas.

 

Acompanhada de seus três filhos e marido, a professora Edinilza Santiago levou seu donativo à Arena da Amazônia. “Considero uma atitude muito importante, pois é uma forma de ajudar as pessoas que precisam. Tanto o evento quanto a prefeitura estão de parabéns. Esse é um ponto que, com certeza, as pessoas vão se mover para ajudar. É uma causa nobre”, salientou.

 

Entre um passe de bola e outro, a Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc) promoveu a Campanha de Combate ao Abuso, à Exploração Sexual e ao Trabalho Infantil. Foram distribuídos materiais informativos sobre as principais violações de direitos envolvendo crianças e adolescentes, além dos endereços e dos números dos locais mantidos pela Prefeitura de Manaus que atendem a esses casos, como o Disque Denúncia 0800-092-1407 e Disque Direitos Humanos 0800-092-6644

 

Trânsito e transporte

 

Vias no entorno do local foram interditadas, para facilitar o acesso para atletas e população. O Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) fez o controle do tráfego, com o efetivo de 30 servidores.

 

Em virtude das interdições, as linhas de ônibus que operam próximas ao estádio tiveram alteração nos itinerários e as mudanças foram monitoradas pela Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU). Agentes estiveram no local, orientando os condutores, pedestres e usuários do transporte coletivo.

 

Texto: Alan Marcos Oliveira / Semcom

Fotos: Nathalie Brasil / Semcom

 

Disponíveis em: https://flic.kr/s/aHsmc8eo3e

 

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse