Notícias

Termo de cooperação técnica é assinado pela Prefeitura e Instituto Soka para a realização de projetos ambientais

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), e o Instituto Soka – Centro de Pesquisas e Estudos Ambientais do Amazonas (Cepeam) assinaram nesta quarta-feira, 27/3, o acordo de cooperação técnica entre os órgãos para a realização do projeto “Academia do Meio Ambiente: Educação Ambiental, Plantio de Mudas, Oficinas, Palestras e Proteção Ambiental”.

 


A assinatura do termo foi realizada na sede da Cepeam, na Colônia Antônio Aleixo, na zona Leste de Manaus, pela secretária de Educação, Kátia Schweickardt, e o diretor do Instituto, Edilson Akira Sato.

 

O objetivo do projeto é desenvolver entre Semed e Soka, atividades de educação ambiental, como minicursos, caminhadas, boas práticas ambientais, dentre outras. Para este novo projeto, 100 professores serão capacitados para desenvolver o programa em 12 unidades escolares, envolvendo aproximadamente 600 alunos de 12 a 14 anos do Ensino Fundamental 2 (6º ao 9º ano). Os envolvidos na ação farão apresentação ao final de cada ciclo, como um balanço geral das atividades.

 

“Eu acredito que a educação deve ser a principal política pública de qualquer governo, assim como para a sociedade civil, todos com os seus protagonismos e assumindo as suas responsabilidades em todas as dimensões. Nós somos uma capital no coração da floresta, temos o dever de cuidar da formação ambiental dos nossos alunos e dos professores, e isso deve fazer parte do processo de desenvolvimento de aprendizagem das nossas crianças e adolescentes, como nos determina o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto”, mencionou Kátia Schweickardt.

 

O Instituto Soka visa estabelecer os direitos humanos e direitos ambientais numa sociedade alicerçada no respeito absoluto à vida de todas as pessoas. De acordo com o diretor do Instituto, Edilson Akira Sato, o novo projeto é uma forma de passar as informações também para os professores e não somente para os alunos.

 

“Toda informação sobre a Educação Ambiental não deve ficar concentrada apenas no aluno, mas que o professor acompanhe no mesmo nível de compreensão e entendimento que os estudantes”, informou Edilson.

 

Na Semed, os projetos voltados para a Educação Ambiental são coordenados pela equipe da Oca do Conhecimento, que já desenvolve vários programas em parceria com o Soka, como o projeto “Árvore do Conhecimento”, que garantiu o plantio de árvores em 13 creches municipais com a participação de professores, alunos e comunidade.

 

O “Oca vai à escola” é outro programa que visa o trabalho em educação ambiental para alunos das unidades de ensino da rede municipal. Já o “Academia Ambiental” é um projeto que atende os alunos das escolas da zona Leste, por funcionar na Cepeam.

 

“A Semed realiza vários projetos ambientais em parceria com o Instituto Soka, todos eles envolvem os alunos, professores e a comunidade. Os alunos participam de laboratórios vivos dentro da sede da Cepeam no programa “Academia Ambiental”. Nas creches plantamos árvores onde os alunos, professores e pais têm responsabilidade de manter o local arborizado. Essa é uma união que tem dado muito certo”, comentou a coordenadora da Oca do Conhecimento, Gina Gama.

 

Texto: Érica Marinho / Semed

Fotos: Divulgação / Semed

 

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse