Notícias

Terceira edição do ‘Blue Ray’ tem alunos da educação especial andando a cavalo em hípica

Alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), da Escola Municipal de Educação Especial André Vidal de Araújo, no Parque 10, zona Centro-Sul, participaram da 3ª edição do “Blue Day”, alusivo ao Dia Mundial da Conscientização do Autismo, celebrado nesta terça-feira, 2/4. A programação da Prefeitura de Manaus ocorreu pela manhã na Hípica Nilton Lins, bairro Flores, zona Centro-Sul, com um total de 120 estudantes, além de pais e responsáveis.

 

02.04.19.3ª Edição do ‘Blue Day’ na Hípica da Nilton Lins.
A programação da escola faz parte da Semana Municipal do Autismo. Na quarta-feira, 3/4, os alunos vão visitar o Zoológico do CIGS pela manhã e tarde. Já na quinta-feira, 4/4, serão realizadas atividades na área interna da escola com brincadeiras, circuitos, piscina e sala de jogos virtuais. O encerramento será na sexta-feira, 5/4, pela manhã com culto ecumênico, e, a partir das 11h, uma feijoada com o tema: ‘Por um mundo mais azul’.

 

Sobre o ‘Blue Day’, o diretor da André Vidal, Helivan Dantas, disse que a atividade na hípica foi muito importante porque ajudou a socialização dos alunos. “Hoje é o Blue Day, onde se comemora o Dia Mundial da Conscientização do Autismo. Numa parceria com a Hípica Nilton Lins, os alunos interagiram com os cavalos, passearam, alimentaram, deram banho e viram onde dormem. Foi uma atividade prazerosa, mas o principal é a inclusão dos alunos, integrando a comunidade em uma atividade da escola”, comentou.

 

Convidada para fazer parte da programação, a diretora Amanda Macanoni, do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Odete Puga, bairro Petrópolis, zona Sul, levou 10 alunos inclusos do TEA. Para ela, foi um momento muito especial que vai ficar marcado para os alunos.

 

“Já temos um trabalho com alunos autistas, só que não saíamos da escola, mas agora estamos tendo essa chance de levar para outros lugares e passear com os pais. Foi maravilhoso porque essas atividades são primordiais, os autistas precisam de consciência, amor e interação social”, disse.

 

A doméstica Luzileide Pereira da Silva, 39, mãe do aluno do 3º ano do Ensino Fundamental, Davi Menezes da Silva, 14, ficou feliz ao participar da programação.

 

“Costumo dizer que meu filho é meu ‘anjo azul’. Tudo que proporciona algo bom para ele me faz muito feliz, pois é uma emoção muito grande. Esse momento é muito importante, foi gratificante ver meu filho emocionado, quando ele montou no cavalo. A alegria dele foi contagiante”, contou.

 

Mesmo com pouco de receio, o aluno da 3ª fase da Educação de Jovens e Adultos (EJÁ), Washington Telles Gama, 25, teve a chance de montar em um cavalo e conhecer um pouco sobre animal. Para ele, foi um momento inesquecível.

 

“Foi à primeira vez, mas é bom, foi divertido e saímos um pouco da sala de aula. Tinha medo e minha professora me ajudou. Na hora de colocar o pé no cavalo me tremi todo, mas minha professora ajudou. Foi um dia especial e pela primeira vez tive essa oportunidade”, finalizou.

 

Texto: Paulo Rogério / Semcom
Fotos: Cleomir Santos / Semcom

 

Disponíveis em: https://flic.kr/s/aHsmbgPQyn

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse