Notícias

Prefeitura capacita servidores de infraestrutura para atuação em casos de acidente de trabalho

Em parceria com a com a Cruz Vermelha Brasileira Amazonas (CVB-AM), a Prefeitura de Manaus capacitou 43 servidores da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) para atuarem no atendimento às vítimas de sinistros. A ação realizada na manhã deste sábado, 11/5, visa orientar sobre os primeiros socorros e técnicas a serem aplicadas em casos de acidentes de trabalho.

 

 

Durante toda a manhã, os participantes tiveram noções básicas de prevenção de acidentes e doenças do trabalho, orientações sobre o uso dos equipamentos de proteção individual e esclarecimentos sobre a responsabilidade do funcionário.

 

Segundo o com subsecretário de Serviços Básicos da Seminf, Daniel Sena, o treinamento é fundamental para que as equipes de obras estejam preparadas para atuarem, não apenas em caso de sinistro, mas em situações de risco que, ordinariamente, enfrentam durante os serviços de infraestrutura realizados nas zonas urbana e rural.

 

“O dia a dia dos nossos homens em campo é atípico. Hoje eles podem estar aplicando asfalto em uma via urbana, mas amanhã podem estar executando a dragagem de um igarapé e se depararem com algum animal peçonhento, ou sofrerem algum acidente durante o manuseio dos materiais com os quais trabalham. Dos riscos menores aos maiores, agora temos a segurança de que eles estão aptos a prestarem os primeiros atendimentos até a chegada de ajuda especializada”, destacou.

 

Há 17 anos trabalhando na secretaria de infraestrutura do município, Cláudio Silva disse estar mais seguro para atuar no dia a dia a partir de agora. ”Esse conhecimento não vai ficar só comigo, vou repassar para meus colegas pois podemos salvar vidas. Já enfrentei diversas situações em que tive que agir rápido, mas agora me sinto muito mais preparado para atender os amigos de trabalho, porque toda vida é valiosa”, ressaltou.

 

Com mais de cinco horas de treinamento, ministrado pelo coordenador de Primeiros Socorros da CVB-AM, Gledson Cavalcante, aplicando o método Team-Based Learning (TBL), que consiste em uma estratégia instrucional a partir de diálogos e simulações de situações críticas, a conclusão foi com excelência, segundo ele.

 

“Somos reconhecidos pelas Diretrizes Internacionais de Primeiros Socorres e Reanimação e ficamos felizes em contribuir com a secretaria. Aqui, saímos da sala de aula e fomos para a prática simulando diversas etapas de criticidade, com um conteúdo direcionado para ocasiões que eles podem vivenciar no dia a dia. Desta forma, trazemos um conteúdo mais próximo da realidade da turma e concluímos com excelência”, garantiu Gledson.

 

— — —

Texto – Anayra Benevides / Seminf

Fotos –Diego Caja / Seminf

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse