Notícias

Semed apresenta resultados de programas em parceria com o Instituto Ayrton Senna em 2016

Mais de 90% dos estudantes que participaram dos programas de correção de fluxo e reforço escolar oferecidos pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) em parceria com o Instituto Ayrton Senna (IAS), conseguiram passar de série em 2016. Desses, 46,6% avançaram dois ou mais anos.

 

A parceria entre Semed e IAS promove a realização dos programas “Se Liga” e “Acelera”, que atuam na alfabetização de alunos com distorção idade/ano, e “Pit Stop” e “Fórmula da Vitória”, que trabalham no reforço escolar. Em 2016, os programas estiveram em 190 unidades de ensino (119 de correção de idade/ano e 71 de reforço escolar) e atenderam 5,6 mil alunos (4.465 de correção de fluxo e 1.174 de reforço escolar).

 

A melhoria na área da leitura também foi outro ponto positivo apresentado. Em comparação com 2015 ouve um aumento no número de livros lidos, saindo de 33,3 para 34,7 no “Acelera”, e de 27,3 para 28,7 no “Se Liga”. Além disso, 91,7% dos alunos do programa Fórmula da Vitória passaram de ano, e quase todos superaram as dificuldades de aprendizagem.

 

Os dados foram apresentados na manhã desta quinta-feira, 9, por técnicos do IAS à Secretária Kátia Schweickardt. “Eu espero que possamos avançar mais. Embora em alguns parâmetros tenhamos melhorado, não podemos perder o pique para melhorarmos ainda no que falta e consigamos atingir 100%”, afirmou.

 

Metas para 2017

 

Durante a reunião foram discutidas as metas para 2017. Neste ano, os programas “Se Liga” e “Acelera” vão atender 122 escolas, três a mais que no ano passado. O “Pit Stop” e “Fórmula da Vitória” só terão sua abrangência delimitada após o término do processo de lotação dos professores.

 

De acordo com a Gerente de Projetos do Instituto Ayrton Senna, Rita Paulon, o objetivo da parceria para este ano é alcançar o número de 95% dos alunos dos programas alfabetizados e acelerados e realizar um trabalho junto aos gestores, a fim de que eles sejam incentivadores para a execução dos projetos.

 

“Nós vamos fazer um trabalho com os gestores, assessores e tutores de maneira mais rigorosa para tentar reduzir a infrequência dos alunos. Em 2017 nossa expectativa é alcançar as metas propostas, com um trabalho de gestão com os diretores, para que possamos ampliar o olho da gestão da alfabetização a partir da gestão do diretor da escola”, explicou.

 

Outra novidade para 2017 é que o “Se Liga” terá um novo material didático, com a inserção das disciplinas de matemática e educação ambiental. Os kits serão entregues neste mês de fevereiro e as atividades do programa iniciam no dia 3 de abril.
Texto: Thiago Botelho

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse