Notícias

Segunda fase do Prourbis tem consulta pública sobre projeto e obras

A 2ª fase do Programa de Desenvolvimento Urbano e Inclusão Socioambiental de Manaus (Prourbis II) realizou nesta quarta-feira, 3/7, uma consulta pública no Les Artistes Café, Centro, para apresentar uma mostra representativa do projeto, os impactos ambientais e sociais, medidas de mitigação e receber sugestões. O programa foi a primeira ação em habitação popular da gestão do prefeito Arthur Virgílio Neto, que também está com obras em andamento do residencial Cidadão Manauara 2, na zona Norte, onde foi entregue o Cidadão Manauara 1.

 

Segunda fase do Prourbis tem consulta pública sobre projeto e obras

 

A consulta pública tem a coordenação do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD). O evento é parte dos preparativos para a nova fase do projeto que beneficiará áreas do Centro e da zona Leste de Manaus, em 2020, apresentando parte do plano global, recebendo iniciativas e dando voz à sociedade civil organizada, público em geral e instituições envolvidas.

 

Para o coordenador executivo do Prourbis II, arquiteto Leonardo Normando, a consulta é uma forma de melhorar o perfil do projeto, dando espaço à comunidade e sociedade civil. Além dele, participaram os representantes do BID, Nelson Simões e Otto Ribas.

 

O Prourbis II tem como foco promover o desenvolvimento integrado, sustentável e inclusivo de Manaus, a partir de áreas de intervenção com múltiplas obras, cujo valor é de US$ 112,5 milhões, com recursos oriundos do BID e AFD, com contrapartida de US$ 22,5 milhões da prefeitura.

 

Na página do Implurb (www.https://implurb.manaus.am.gov.br) é possível consultar o Relatório de Avaliação Ambiental e Social e o Marco de Gestão do programa.

 

Continuação

O Prourbis II é a continuação do Prourbis I, com ações previamente destacadas para a zona Leste e início de atividades no Centro da capital, com foco na urbanização, resgate social, requalificação, resiliência urbana, habitação, de sustentabilidade e socioambiental.

 

Segundo o diretor-presidente do Implurb, engenheiro Claudio Guenka, o objetivo é apresentar um mapa do Prourbis II e dar sequência ao cronograma e ajustes necessários para o início das obras.

 

No Prourbis I foram entregues 214 unidades habitacionais em quatro residenciais, além de reformulação, revitalização e melhoria de infraestrutura e serviços públicos no Jorge Teixeira, incluindo as comunidades Arthur Virgílio e parte do João Paulo.

 

Texto – Divulgação / Implurb

Foto – Nathalie Brasil / Semcom

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse