Notícias

Saúde mental é tema de palestra aos segurados da previdência municipal

Estudo da Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta que 33% da população mundial sofrem de ansiedade. O Brasil aparece entre os primeiros da lista, sendo a região metropolitana de São Paulo detentora da maior incidência de perturbações mentais no mundo, segundo relatório de 2014 da São Paulo Megacity Mental Health Surve. Alertar sobre os sintomas e, principalmente, prevenir os transtornos da mente foram os pontos principais da palestra destinada aos aposentados e pensionistas da previdência municipal nesta terça-feira, 24, dia de pagamento dos benefícios, e que na quarta-feira, 25, volta a ser ministrada, agora destinada aos servidores previdenciários, tendo como palestrante a psiquiatra do Tribunal de Justiça do Amazonas, Nazaré Silva.

 

Nesta terça, o tema, alusivo à campanha do Janeiro Branco, foi exposto pela psicóloga Alessandra Souza, com apoio das coordenadoras da campanha em Manaus, psicólogas Ângela Noel e Alessandra Muniz. “Janeiro Branco é uma campanha que trabalha a prevenção a qualquer tipo de transtorno. Trabalha o bem-estar do indivíduo, auxiliando-o a lidar com suas emoções”, explicou Souza, lembrando que a ansiedade é um dos transtornos que mais afetam a população. “Exemplo comum são os casos de pessoas que tiram selfie felizes, postam nas redes, mas que por trás do sorriso, há um grande sofrimento e infelicidade, muito choro logo após a postagem”, diz.

 

Segundo estudos sobre os transtornos mentais, são vários os sintomas que servem de alerta. Entre eles, uma melancolia que surge repentinamente, sem causa aparente; a própria ansiedade e os pensamentos negativos. “Precisamos saber lidar com as nossas emoções. E quando não conseguimos sozinhos, existem profissionais que dão esse suporte. Importante enfatizar que é a pessoa que deve tomar a iniciativa de procura ajudar. Senão, o tratamento não evolui”, explica Alessandra Souza, lembrando que transtornos mentais atingem qualquer faixa etária.

 

Acolhimento

Prevenir os pensamentos negativos e manter a sociabilidade são pontos que auxiliam as pessoas no controle de suas emoções. Para colaborar nesse quesito, mensalmente a Manaus Previdência acolhe os segurados (aposentados e pensionistas) no dia de entrega do contracheque, com vários serviços, proporcionado integração, descontração e reencontro de antigos colegas de trabalho.

 

São ações na área da saúde (aferição de pressão arterial) e higiene e beleza (corte de cabelo, limpeza de pele e maquiagem), incluindo um farto café da manhã e palestras sobre temas atuais. E na primeira entrega do contracheque do ano, contou com a participação dos mascotes da campanha do Envelhecimento Humano, o dr. Saúde e a d. Felicidade, da Universidade Aberta da Terceira Idade (UnAti), dois grandes bonecos simbolizando a terceira idade ativa, que brincaram entre os segurados ao som da música da campanha “Envelhecer eu vou, com qualidade eu posso!”.

 

“Percebemos que esses serviços faz com que aposentados e pensionistas se sintam participantes de um núcleo, de um projeto onde eles são os atores principais”, destacou a coordenadora do Setor Psicossocial da Manaus Previdência, psicóloga Ellen Holanda, acrescentando que as ações oferecidas pela previdência aos segurados contribuem para mantê-los ativos, informados, inseridos, municiando-os de mecanismos de defesa própria, auxiliando-os a estarem bem consigo e com os que os rodeiam.

 

“O resultado disso é a qualidade de relacionamento na família e na sociedade, além de tornarem-se multiplicadores de diversas ações, como o de envelhecer de forma saudável e o controle das emoções, aproveitando a campanha do Janeiro branco”, diz Ellen.

 

A assistente social da previdência, Darla Gondim, que trabalha diretamente com os segurados e seus familiares, também defende toda iniciativa que propicie o debate sobre os problemas da mente. “É importante que todos se familiarizem com a questão da saúde mental, que ainda é vista como um tabu”, relata. “Falar sobre os sentimentos, não guardar e acumular ansiedade e tantos outros sentimentos ruins é imprescindível nesse processo. Temos que estimular a visão positiva da vida, acreditar que as coisas vão dar certo, praticar atividades físicas, enfim, trabalhar as particularidades de cada um, sempre buscando aquilo que nos faz sentir bem e feliz”.

 

O próximo reencontro dos aposentados e pensionistas do município de Manaus será no dia 24 de fevereiro, com o ambiente previdenciário ambientado no carnaval.

 

Texto: Marcia Claudia Senna / Manaus Previdência

Assessoria de Imprensa da Manaus Previdência: 92 3186-8029

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse