Notícias

Sai resultado da marca de 10 anos do Bolsa Universidade

Os vencedores do concurso-prêmio que escolhe a marca comemorativa dos 10 anos do Programa Bolsa Universidade (PBU), da Prefeitura de Manaus, foram divulgados nesta sexta-feira, 14/6, no site http://portalespi.manaus.am.gov.br/bolsauniversidade/resultado/.

 

 

 

 

Os três primeiros colocados receberão bolsa integral (100%) em curso de pós-graduação, em qualquer uma das instituições parceiras do Bolsa Pós-Graduação, na solenidade de aniversário do programa, prevista para o início de julho.

 

A comissão avaliadora recebeu até o fim do prazo de inscrições um total de 13 propostas no concurso, voltado exclusivamente para bolsistas e egressos do programa, coordenado pela Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), por meio da Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi).

 

Conforme a diretora-geral da Espi/Semad, Stela Cyrino, a marca escolhida em primeiro lugar será utilizada nas artes comemorativas ao aniversário do programa de inclusão socieducacional. “Nosso objetivo, seguindo o que orienta o prefeito Arthur Virgílio Neto para a valorização das pessoas, é reconhecer o aprendizado e o desenvolvimento dos bolsistas e egressos do Bolsa Universidade”, destaca.

 

Vencedor

 

Autor da marca vencedora, Magno Heinz, 26, ingressou como bolsista no curso de Design Gráfico em 2012, com bolsa de 50%, na faculdade Uninorte. O designer trabalha atualmente em uma agência de publicidade em Manaus. “Fiquei sabendo [do concurso] por meio de um amigo que é publicitário. Li o edital, vi que tinha todos os requisitos e passei pensar no que ia produzir”, conta.

 

Heinz tinha como primeira opção de curso superior Ciências da Computação e optou por Design Gráfico pelo valor do curso e a possibilidade de arcar com o restante da mensalidade. “Foram três anos de muita dedicação até conseguir me formar. Esse curso mudou minha vida no sentido de dar mais oportunidade de mercado, ser mais valorizado e reconhecido, fazer o que gosto e poder ajudar minha família”, recorda.

 

Para construir a marca, o designer comenta que buscou utilizar os conhecimentos e experiências que possui em construção de marcas. “O sentimento de transformação por meio da educação, de mudança de vida, de focar nas pessoas, de acreditar em cada um é o que move o PBU e foi isso que norteou o desenvolvimento da marca”, explica.

 

Heinz pontua que a marca criada apresenta muitas cores por fazer analogia a diversidade de pessoas que são beneficiadas pelo Programa. “O número 10 estilizado com o caminho ao meio está alinhado ao fato de o PBU dar a possibilidade de você sair de um lugar e ir a outro por meio da educação”, finaliza.

 

_ _ _

 

Texto – Hariele Quara / Semad

Foto – Divulgação/Semad

 

 

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse