Notícias

Reino Unido da Liberdade é a grande campeã do Carnaval de Manaus 2018

Pelo terceiro ano consecutivo, a Zona Sul entra em festa: com a soma de 178,30 pontos, a Reino Unido da Liberdade é a grande campeã da disputa das Escolas de Samba do Grupo Especial do Carnaval de Manaus 2018. A agremiação levou para o Sambódromo na madrugada de sábado, 11, para domingo, 12, o samba-enredo “Ao Mestre, com carinho, na escola da vida eu sou o professor”, celebrando o ofício de todos os professores.

 

“Essa conquista é dedicada a todos os nossos professores, de Manaus, do Amazonas e de todo país. Foi muito trabalho, amor e paixão envolvidos, e um tema que fez a gente resgatar algo que estava muito esquecido, que é o respeito a esse profissional que forma a ética, a solidariedade e a humanidade. Essa vitória é pra eles”, destacou o vice-presidente da agremiação, João Thomé Mestrinho, feliz com o resultado.

 

Com 177,10 pontos, o segundo lugar da disputa ficou com a Vila da Barra, com o enredo “O Grito”. Já em terceiro lugar, com 176,50 pontos, ficou a Unidos do Alvorada, que cantou sobre os Purus na Avenida do Samba. Em sequência, a Vitória Régia, Grande Família, Aparecida e Andanças de Ciganos completam o ranking. Em último lugar, com 169,40 pontos, a Sem Compromisso deve descer para o Grupo de Acesso A.

 

“Esse é nosso segundo ano no Grupo Especial, e essa vitória é atribuída a toda a nossa comunidade que participou e nos ajudou, lá no bairro da Compensa, zona Norte. A Vila da Barra agradece a todas essas pessoas que estão nos nossos corações, conhecem o nosso trabalho e sabem da nossa insistência em fazer o Carnaval”, contou o presidente da Vila da Barra, Apolo Ferreira. “Nosso carnavalesco, Tiago Fartto, que acabou de chegar e já era super renomado no Rio de Janeiro, desenvolveu esse trabalho, colocou na avenida e deu tudo certo, e isso tem marcado o nosso diferencial e nossa ousadia desde o ano passado”.

 

Já o presidente da Unidos da Alvorada, Heroldo Linhares, elogiou a organização do evento e o diálogo entre todos os envolvidos. “Graças à garra de toda a Alvorada, da família Afonso, e de todos os envolvidos, conseguimos fazer um belo desfile, apresentamos um tema lindo na passarela e tivemos êxito em tudo o que fizemos. Quero agradecer ao Governo do Estado, Prefeitura de Manaus e a toda a comunidade. Pra 2019, vamos fazer um Carnaval ainda melhor. Essa conversa entre os envolvidos é fundamental para conseguirmos melhorar a cada ano”, disse Heroldo.

 

Entre os critérios avaliados pelos jurados, estão enredo, samba-enredo, mestre-sala e porta-bandeira, evolução, alegoria e adereços, harmonia, fantasia, comissão de frente e bateria.

 

Apoio

Doze escolas de samba foram contempladas pelo Edital de Chamamento Público Nº 10/2017 da Manauscult, que destina apoio ao Desfile Oficial de Carnaval, e receberam o montante de R$ 857.514,00. Este ano, o repasse foi feito quase dez dias antes do desfile, fato inédito na história do evento.

 

Para o diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), o momento é de festa para todas as comunidades envolvidas. “Nesses dois dias de desfile, vimos todas as agremiações mostrando o resultado de um esforço coletivo construído ao longo de um ano, mostrando o seu melhor no Sambódromo. É por enxergar o valor cultural, turístico e, acima de tudo, a união popular envolvida na festa que a Prefeitura de Manaus trabalha para apoiar o Carnaval”, ressaltou.

 

Acesso

Ganhadoras da disputa no ano passado, as escolas Primos da Ilha, Mocidade Independente do Coroado e Tradição Leste repetiram o título e foram as grandes campeãs dos Grupos de Acesso A, B e C, respectivamente. Embora bicampeãs, somente este ano as escolas subirão de grupos, uma vez que não houve acesso e decesso no Carnaval de 2017.

 

Para o presidente da Primos da Ilha, Werli Medeiros, a força coletiva envolvida no desfile foi a responsável por levar a agremiação à vitória e ao acesso ao Grupo Especial, com 178,30 pontos.

 

“A nossa vitória só foi possível por conta da força e do envolvimento da comunidade, por conta de uma diretoria unida e por causa do nosso tema, que foi forte”, afirmou. A Primos da Ilha levou para o Sambódromo uma homenagem à escola Vitória Régia, a mais antiga do Carnaval de Manaus.

 

O representante legal da campeã do Grupo B, Mocidade Independente do Coroado, Montelo Lira, também era só felicidade com o resultado. Com 177,60 pontos, a escola sobe para o Grupo de Acesso A.

 

“Fazer Carnaval é para o povo. Graças a nossa comunidade, ao trabalho que fazemos o ano inteiro, não só no Carnaval, somos campeões pelo segundo ano consecutivo! Obrigado a todos pelo título”, agradeceu, emocionado. A escola se apresentou celebrando as belezas do município Rio Preto da Eva e a nova fase que a cidade vive.

 

Já no Grupo C, a homenagem ao futebolista Cláudio Coelho, um dos ícones do esporte amazonense, garantiu o título à Tradição Leste, que, com 174,90 pontos, sobe para o Grupo B.

 

Rebaixamentos e penalidades

No Grupo B, a escola Meninos Levados será penalizada pelo segundo ano sem desfilar, sem ter comunicado previamente a ausência, e é a rebaixada para o Grupo C. A Unidos da Cophasa, embora também não tenha desfilado, comunicou a organização do evento e, de acordo com o regulamento, pode ficar até um ano sem participar, mas continua parte do grupo.

 

Já no Grupo A, a Império da Kamélia foi rebaixada, por também não ter participado do desfile nem comunicado previamente sua ausência.

 

Confira as pontuações completas dos Grupos de Acesso e Grupo Especial logo abaixo.

 

Grupo de Acesso C

1. Tradição Leste – 174,90

2. Legião de Bambas – 174,70

3. Gaviões do Parque – 174,40

4. Leões do Barão Açu – 173,90

5. Ipixuna – 172,60

6. Império do Mauá – -5,00

 

Grupo de Acesso B

1. Mocidade Independente do Coroado – 177,60

2. Presidente Vargas – 172,30

3. Império do Hawaí – 0,00

4. Mocidade Independente da Raiz – -6,50

5. Unidos da Cophasa – 0,00

6. Meninos Levados – -6,50

 

Grupo de Acesso A

1. Primos da Ilha – 178,30

2. Dragões do Império – 177,70

3. Acadêmicos da Cidade Alta – 177,20

4. Unidos da Cidade Nova – 176,50

5. Beija-Flor do Norte – 176,20

6. Balaku-Blaku – 172,10

7. Império da Kamélia – 0,00

 

Grupo Especial

1. Reino Unido da Liberdade – 178,30

2. Vila da Barra – 177,10

3. Unidos do Alvorada – 176,50

4. Vitória Régia – 175,90

5. A Grande Família – 175,00

6. Mocidade Independente de Aparecida – 174,90

7. Andanças de Ciganos – 174,70

8. Sem Compromisso – 169,40

Texto: Gabriel Oliveira e Steffanie Schmidt / Manauscult

Fotos: Ingrid Anne / Manauscult

Disponíveis em: https://flic.kr/s/aHsmczavnz

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse