Notícias

Rede municipal de saúde atualiza informações sobre o coronavírus

A Prefeitura de Manaus realizou nesta sexta-feira, 7/2, pela manhã, uma reunião em que foram atualizadas as informações sobre o enfrentamento ao coronavírus (nCoV-2019). Gestores da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e representantes das áreas de Atenção Primária, Vigilância Epidemiológica, Gestão do Trabalho e Educação, Administração, Logística, Rede de Atenção, Planejamento e Comunicação, da rede municipal de saúde, participaram do encontro.

 

Rede municipal de saúde atualiza informações sobre o coronavírus
“Como é um novo vírus, as informações estão sempre em atualização e por isso é preciso manter a atenção e reforçar de forma constante o planejamento nas ações de prevenção, vigilância e assistência”, explicou o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi.

Durante a reunião, a diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica (Devae/Semsa), Marinélia Ferreira, apresentou uma atualização da análise de casos de coronavírus que foi abordada em um evento realizado em Brasília (DF), na última quinta-feira, 6, com representantes do Ministério da Saúde e das secretarias de saúde de estados e capitais.

 

Ela alertou para o fato de que 80% dos casos do coronavírus têm apresentado evolução sem complicações. “Se essa tendência for mantida, no caso de circulação do novo vírus no País, a maior parte dos atendimentos vai acontecer na Atenção Primária, ou seja, nas Unidades de Saúde da rede de atendimento dos municípios. Por isso, a preparação dos municípios precisa ser ainda mais rigorosa neste momento”, afirmou Marinélia, lembrando que o encaminhamento dos casos com complicações deverá ser feito para as unidades de urgência e emergência da rede de saúde dos Estados.

 

Na reunião com o Ministério da Saúde foi estabelecido também que todos os municípios deverão apresentar um Plano de Contingência Municipal para Infecção Humana pelo novo Coronavírus (2019-nCoV) definindo, de forma integrada com governos federal e estadual, medidas de respostas em vigilância, suporte laboratorial, controle de infecção, assistência, assistência farmacêutica, comunicação de risco e gestão, além de apoio às medidas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em pontos de entrada (portos, aeroportos e passagens de fronteiras).

 

“A Prefeitura de Manaus já vem realizando o planejamento das ações para o enfrentamento ao coronavírus e o plano de contingência é mais um instrumento que vai padronizar e alinhar os fluxos e protocolos. Mesmo sem casos confirmados no Brasil até o momento, é essencial garantir a preparação das redes de saúde para minimizar os riscos”, destacou Marinélia.

 

Coronavírus

O novo coronavírus (nCoV-2019) foi identificado na China no final de dezembro de 2019  e faz parte da família de Coronavírus, que engloba vários outros tipos de vírus, causando infecções respiratórias e podendo levar à Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

 

Os sintomas do coronavírus (nCoV-2019) são principalmente respiratórios, semelhante a um resfriado, com febre, tosse e dificuldade de respirar.

 

As medidas básicas de prevenção para reduzir o risco de adquirir ou transmitir as infecções respiratórias incluem: lavar frequentemente as mãos; utilizar lenço descartável para higiene nasal; cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir; não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas; e manter os ambientes bem ventilados.

— — —

 

Texto – Eurivânia Galúcio/Semsa

Foto – Divulgação/Semsa

  

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse