Notícias

Programa de teatro e ciências desperta imaginação de alunos

Unidades de ensino da rede municipal de educação começaram a receber nesta segunda-feira, 8/7, o programa “Ciência Divertida”, que tem como objetivo despertar a curiosidade e a imaginação das crianças por meio da criação de atividades interativas únicas e originais. As apresentações serão realizadas em 18 escolas de ensino fundamental, da Prefeitura de Manaus, coordenadas pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), até o dia 19 deste mês, para crianças de 8 a 12 anos.

 

programa de teatro e ciências desperta imaginação de alunos

 

A primeira unidade da rede municipal a receber o projeto foi a escola municipal Raimunda Eneida, localizada no bairro Novo Israel, na zona Norte de Manaus, que contou com a participação de cem estudantes.

 

“O critério para as escolas receberem o espetáculo é que as mesmas tenham quadra ou auditório. Selecionamos 18 escolas para receberem esse espetáculo. Duas escolas recebem o espetáculo por dia sendo três apresentações diárias”, acrescentou Erica Amorim, assessora das Ocas do Conhecimento ambiental.

 

O programa já passou por 36 países e em Manaus chegou como parte do projeto “Diverte Teatro Viajante”. O diretor e produtor do grupo, Diego Miniquelli, contou que a peça fala sobre sustentabilidade e fontes de energia renováveis e não renováveis, de forma lúdica para o público.

 

“Os cientistas vêm do futuro e tentam resolver no presente mostrando como o mundo ficará em 2050 e como pode se reverter essa situação. Os alunos gostam bastante porque podem participar, eles fazem as experiências, percebem que as fontes de energia se esgotam, estão diretamente atuantes no espetáculo”, comentou.

 

Para o pedagogo da escola Raimunda Eneida, Luís Carlos Marques, trabalhar com projetos que utilizam metodologias ativas contribui para desenvolver o interesse dos estudantes.

 

“A escola fica sempre grata quando recebe esse apoio externo da secretaria ou de outra instituição que contribui para reforçar o que os nossos professores trabalham, como a questão da energia, do consumo e uso consciente. Os estudantes sempre interagem muito bem quando essa metodologia ativa acontece, eles sempre participam e interagem”, declarou.

 

Outra unidade de ensino que recebeu o projeto neste primeiro dia foi a escola municipal Sérgio Augusto Pará Bittencourt, também localizada na zona Norte de Manaus. Participaram aproximadamente 120 estudantes do 4° ano, do turno vespertino.

 

Para a gestora da unidade, Geise Roque, tais atividades são extremamente importantes para desenvolver o interesse dos alunos. “São um atrativo para os alunos, além de proporcionar conhecimento diferenciado para eles, pois é importante inserir o lúdico na educação e esse espetáculo é ótimo”, finalizou.

— — —

 

Texto – Alexandre Abreu / Semed

 

Foto – Eliton Santos / Semed

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse