Notícias

Programa é certificado em prêmio nacional de Tecnologia Social

A Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Desenvolvimento (Semtrad), por meio do Departamento de Economia Solidária, foi certificada no dia 24/07, pela Fundação do Banco do Brasil, por sua atuação para a implantação do Banco Comunitário Mauá, no bairro Mauazinho, zona Leste. A certificação compreende produtos, técnicas ou metodologias reaplicáveis desenvolvidas em comunidades e que representem soluções de transformação social.

 

Concorrendo com mais de mil propostas nacionais de ideias inovadoras para o desenvolvimento social, o “Programa de Economia Solidária – Empreendedorismo e Inclusão Social” da Semtrad passa a ser finalista do Prêmio Nacional de Tecnologia Social, que terá o resultado divulgado no início de agosto, concorrendo com 39 instituições.

 

A Semtrad ganhou destaque pela atividade iniciada oficialmente em 2013 e que, desde então, ultrapassa mais de 4 mil atendimentos mensais como pagamentos e recebimentos, compra de passe estudantil, vale-transporte, recebimento do Bolsa Família, empréstimo entre outros serviços, com muito mais flexibilidade e comodidade do que nos bancos convencionais.

 

Para o diretor do Departamento de Economia Solidária e também coordenador da implantação da tecnologia social Banco Comunitário Mauá, Virgílio Melo, a certificação é o reconhecimento de que a política de inclusão social por meio dos bancos comunitários permite melhorar a vida das pessoas principalmente em relação as dificuldade de acesso ao sistema financeiro convencional.

 

 

“A certificação dará uma visibilidade altamente positiva a essa iniciativa e permitirá que outras instituições e parceiros venham se somar ao que está sendo desenvolvido no Banco Comunitário Mauá”, comenta Melo. “Esta tem sido a determinação do prefeito Arthur Neto de que a Semtrad deve desenvolver todo e qualquer mecanismo que possa melhorar a vida das pessoas, ajudando a tornar seus sonhos em realidade”.

 

O Programa Tecnologia Social premiará o ganhador com R$ 50 mil. Caso o programa da Semtrad seja o vencedor, este valor será revertido em projetos de fortalecimento das políticas de empreendedorismo e desenvolvimento social.

 

Sobre o prêmio fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social

 

Realizado a cada dois anos, o Prêmio tem por objetivo identificar, certificar, premiar e difundir tecnologias sociais já aplicadas, implementadas em âmbito local, regional ou nacional, que sejam efetivas na solução de questões relativas à alimentação, educação, energia, habitação, meio ambiente, recursos hídricos, renda e saúde.

 

A participação no Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social é aberta às instituições legalmente constituídas, de direito público ou privado, sem finalidades lucrativas.

 

Em oito edições realizadas, de 2001 a 2015, foram recebidas 6285 inscrições e concedidos mais de R$ 3,8 milhões em premiações destinadas ao aprimoramento das tecnologias sociais vencedoras.

 

Texto: Sara Pires

Fotos: Semtrad (arquivo)

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento (Semtrad): (92) 3631-2309 / 3631-4571

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse