Notícias

Professores têm dia de planejamento e acolhida na volta do recesso escolar

Professores e demais profissionais das escolas da rede municipal de educação voltaram do recesso nesta segunda-feira, 10/7, e para reforçar o compromisso com a qualidade de ensino, mais de 300 unidades de Ensino Fundamental da rede realizaram reuniões de acolhida aos educadores, planejamento para o segundo semestre letivo e preparação para a Prova Brasil, avaliação nacional que acontecerá em novembro e que compõe a nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

 

No último Ideb, realizado em 2015 e divulgado no segundo semestre de 2016, a nota de 4,3 alcançada nos Anos Finais da rede pública municipal de Manaus foi superior à meta de 3,8 estipulada pelo Ministério da Educação (MEC). A projeção do MEC era de que a rede da capital amazonense alcançasse esse resultado apenas em 2019. A nota de 4,3 representou um crescimento de 26% em relação ao Ideb anterior, quando a nota foi de 3,7, o que significou a maior elevação entre as capitais brasileiras. Em relação aos Anos Iniciais, a rede também teve destaque com o terceiro maior crescimento percentual entre as capitais, alcançado a nota de 5,4, superando também a meta estipulada pelo MEC para o ano.

 

Para o Ideb 2017, a meta da Secretaria Municipal de Educação (Semed) é elevar em 15% as notas dos Anos Iniciais e Finais, saindo de 5,4 para 6,2 e de 4,3 para 4,9, respectivamente. A intenção é que com o crescimento, Manaus fique entre as dez capitais brasileiras com o melhor desempenho no Ideb.

 

Para motivar, planejar, orientar e divulgar a análise da primeira Avaliação de Desempenho do Estudante (ADE) deste ano, a equipe de Gestão Educacional e a secretária da Semed, Kátia Schweickardt, estiveram presentes nas escolas durante as ações desta segunda-feira. Foi o caso da Escola Municipal Abílio Nery, localizada na Avenida Torquato Tapajós, bairro Flores, zona Centro-Sul. Durante a visita, Schweickardt destacou que sabe dos desafios das unidades escolares durante o ano letivo e reforçou que os educadores podem contar com todo o apoio da Semed. Ela também lembrou que embora o resultado da Prova Brasil seja importante, a missão da secretaria é acima de tudo: garantir um ensino de qualidade aos alunos da rede.

 

“Tivemos hoje na rede um dia para trabalharmos em cima dos nossos conteúdos problemáticos. Foi um dia para planejamento, pois todos os professores sabem que alunos têm mais dificuldades. Na verdade, se conseguirmos fazer com que esses meninos tenham um resultado um pouco melhor, isso vai ser bom para eles, vai ser bom para a escola, para o distrito, para a Semed e para o corpo docente da Semed”, explicou a secretária.

 

Dentro da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Oeste, a Escola Abílio Nery é a que apresenta o maior desafio para o próximo Ideb, com a meta de aumento de 18% nos Anos Iniciais e 21% nos Anos Finais. No entanto, apesar das dificuldades, a chefe da DDZ, Regina Ortiz, mostrou otimismo em relação à escola, baseado nas conversas que ela teve com a equipe.

 

“A equipe está muito entusiasmada. Eu tenho certeza que com muita força de vontade dá para se fazer um bom trabalho. Vamos fazer esse trabalho não só hoje, mas constantemente para que possamos alcançar nossos objetivos”, destacou Regina.

 

O gestor da escola, Ednelson Feitosa, também mostrou otimismo em relação ao resultado do próximo Ideb. “Saber que a secretaria está nos apoiando, com certeza, aumenta a motivação do corpo docente. Nossos objetivos serão alcançados”, concluiu.

 

Texto: Alexandre Abreu

Fotos: Lton Santos/ Semed

Disponíveis em: https://flic.kr/s/aHsm479iBo

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed): (92) 3632-2054

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse