Notícias

Prefeitura vai criar força-tarefa para atuar em área do Nova Vitória

Em reunião com moradores do bairro Nova Vitória, na zona Leste da capital, o vice-prefeito Marcos Rotta, que está à frente do Executivo Municipal até o retorno do prefeito Arthur Virgílio Neto, se comprometeu em montar uma força-tarefa para verificar in loco as reivindicações da comunidade no próximo sábado, 14. Um grupo de comunitários esteve na sede da prefeitura e solicitou ao vice-prefeito providências em relação aos constantes alagamentos no local.

 

A visita está marcada para as 10h30 e também será acompanhada dos secretários municipais da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), Elias Emanuel, e da Defesa Civil Municipal, Cláudio Belém.

 

“Com o aval do prefeito Arthur Neto, essa força-tarefa irá verificar o que a prefeitura pode fazer para melhorar a vida dos moradores do Nova Vitória, dentro das nossas limitações, uma vez que a área pertence ao Governo Federal”, afirmou Rotta. “Como entramos no período de chuva, vamos redobrar as atenções na área e colocar todo o aparato do Município para evitar que novos incidentes ocorram”, completou.

 

O vice-prefeito informou, ainda, que está sendo realizado um levantamento, no qual apontará até onde as equipes da prefeitura poderão atuar dentro da legalidade.

 

Já o titular da Semmasdh, Elias Emanuel, informou que equipes de assistência social, além da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) e da Defesa Civil, estão na área desde o último dia 27 de dezembro – quando uma forte chuva caiu sobre Manaus e resultou na morte de quatro pessoas no Nova Vitória. As equipes realizam o monitoramento para impedir que novas casas sejam construídas no local em que ocorreu o desmoronamento de barranco. “A partir dessa tomada do vice-prefeito, verificaremos a realidade dessas pessoas e tomaremos previdências mais eficazes”, disse Elias.

 

O presidente da Associação de Moradores do Nova Vitória, Carlos Dias, agradeceu a atenção dispensada pelo vice-prefeito e afirmou que durante a visita será possível conhecer melhor as condições de cada morador. “Nosso pedido de ajuda não é em vão. Esse período de chuva deixa todos os moradores com medo, pois quando forma tempo de chuva bate o desespero e só pensamos nos alagamentos e prejuízos. É muito triste e precisamos muito de providências urgentes”, relatou.

 

Dias destacou o trabalho da Defesa Civil na área do desmoronamento, mas pediu que essa ação fosse ampliada também aos locais de alagamentos.

 

Agilidade

Segundo Rotta, o próprio prefeito Arthur Neto solicitou que fosse criado um canal de comunicação para facilitar a comunicação com a comunidade, tudo para promover a interação entre o Executivo e a população, a fim de buscar soluções rápidas e ágeis para os problemas.

 

FOTOS: Karla Vieira / Semcom

Mais fotos disponíveis em: https://flic.kr/s/aHskSnZacC

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse