Notícias

Prefeitura acelera obras do “Centro Pop” no bairro Petrópolis

O bairro Petrópolis, na zona Sul da cidade, receberá um novo espaço para o Centro Especializado para Pessoas em Situação de Rua (Centro Pop). As obras no local estão em ritmo intenso e devem estar concluídas em agosto, conforme constatou o vice-prefeito e secretário de infraestrutura, Marcos Rotta, em visita técnica.

 

A área, que fica na rua 1 do bairro, também recebe da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) a contenção de 25 metros de rip-rap com muro de arrimo e implantação de tubulação para dar vazão correta às águas do igarapé que passa por trás da obra.

 

“A determinação do prefeito Arthur Neto é priorizar a arborização e a finalização da infraestrutura do local. É uma obra extremamente importante, duradoura, que irá proporcionar o fortalecimento de vínculos interpessoais a centenas de pessoas adultas sem moradia fixa que necessitam de atenção do poder público”, declarou Rotta.

 

O Centro POP é um serviço, administrado pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), que se destina a atender e acolher pessoas adultas, idosas e com deficiência que utilizam as ruas como espaço de moradia e/ou sobrevivência.

 

“O desafio aqui é dar qualidade de vida a essas pessoas em situação de rua. Queremos também firmar parcerias com as comunidades do entorno dessa área, para que os moradores tenham a oportunidade de fazer atividades dentro dessa ferramenta da assistência”, afirmou o secretário da Semmasdh, Elias Emanuel.

 

Apoio

 

O Centro Pop, além de assegurar atendimento e atividades para o desenvolvimento social dessas pessoas, oferece acesso a higiene pessoal, alimentação e endereço institucional para uso em caso de servir como referência para retirada de documentação civil.

 

Somente em 2016, foram realizados 1.523 atendimentos. Em média, pelo menos 150 pessoas frequentam o espaço diariamente. Boa parte aceita passar por acompanhamento psicossocial, onde tem a oportunidade de ser reinserido na sociedade e nas suas famílias.

 

—-

Texto: Leonardo Fierro (Semmasdh) e Poliana Brelaz (Seminf)

Fotos: Alexandre Fonseca / Seminf

Disponíveis em: https://flic.kr/s/aHsm2egJ2z

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh): 3215-4616

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse