Notícias

Obras são vistoriadas por prefeito em exercício neste Carnaval

A Prefeitura de Manaus atuou nesta segunda-feira, 4/3, com diversas frentes de obras na cidade. O prefeito em exercício, Marcos Rotta, vistoriou o andamento de alguns trabalhos executados pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf). Logo pela manhã, ele foi até ao Centro, onde um problema em uma rede de drenagem desgastada causou um buraco que impedia o fluxo de pedestres e veículos na confluência do Beco da Dica, com a rua Leonardo Malcher.

 


Cerca de 10 homens da Seminf, com apoio de uma retro escavadeira e uma caçamba, realizaram a troca dos tubos danificados. De acordo com o prefeito em exercício, era necessária uma resolução imediata em plena segunda-feira de Carnaval, para que o problema não se agravasse.

“Tomamos conhecimento desse problema ontem à noite e prontamente acionamos nossa equipe de plantão, seguindo a determinação do prefeito Arthur Virgílio Neto, de trabalharmos mesmo no período de Carnaval. Faremos a correção dessa drenagem devido ao desgaste, pois isso é algo corriqueiro para nossos técnicos”, explicou Marcos Rotta.

Os moradores elogiaram a execução do serviço em pleno período carnavalesco. “Realmente nós não esperávamos que, na segunda de Carnaval, a prefeitura viesse resolver esse problema na nossa comunidade”, disse Jorge Araújo, morador do local.

Rotta também acompanhou os trabalhos que estão sendo executados na ponte localizada na avenida Senador Raimundo Parente, no bairro Planalto, zona Centro-Oeste.

 

A ponte, construída há duas décadas, foi vistoriada por técnicos da Seminf, e por isso está recebendo ajustes necessários para garantir a segurança de quem passa pelo local.

“Essa ponte tem mais de 20 anos, por isso nós estamos fazendo aqui hoje o reforço estrutural para garantir a margem de segurança exigida pela Prefeitura de Manaus”, explicou.

Outra frente de obras visitada foi o alargamento do igarapé dos Franceses, na altura da avenida Torquato Tapajós, mais precisamente onde no dia 13/2, desabou a escada de uma passarela de pedestres, ocasionado por uma obra irregular que invadiu e afunilou o leito da Igarapé.

“Estamos entrando na fase final do trabalho de alargamento do leito e contenção com rip-rap. Aqui trabalham 150 homens por dia para que chegássemos nessa obra com um padrão de qualidade exigido pelo prefeito” finalizou Rotta.

— —

Texto: Ulysses Marcondes / Semcom

Fotos: Mário Oliveira / Semcom

 

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse