Notícias

Matriz recebe últimos retoques para inauguração

No próximo dia 15 de novembro, Manaus terá um reencontro com a história. A praça da Matriz será reinaugurada. Uma das principais ações de requalificação do Centro Histórico, a obra recebe os ajustes finais para ser entregue a população em uma grande missa campal, que será presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Sérgio Castriani. A prefeitura ainda planeja outras surpresas na programação.

 

“Será um grande momento para Manaus, que tem se fortalecido institucionalmente e se tornará ainda mais pujante a partir da valorização de sua origem. É, sem dúvida, um marco para o turismo e um marco para a história do nosso povo”, disse o prefeito Arthur Virgílio Neto.

 

A maior expectativa agora é pela montagem do maquinário do Relógio Municipal, prevista para a próxima segunda-feira, 6/11. O monumento já teve sua estrutura revitalizada, redescobrindo no teto adornos originais, escondidos com o passar dos anos, e toda a área do entorno está praticamente concluída. “Mais do que nunca, o Relógio vai ser uma atração turística, porque ele realmente vai ter muito que mostrar da cidade de Manaus”, disse o Coordenador do PAC Cidades Históricas, Rafael Assayag.

 

A praça 15 de Novembro, mais conhecida como praça da Matriz, também está recebendo ações de jardinagem, pintura, instalações de luminárias à LED, bancos de concretos na iconografia histórica, além de três bancas de tacacá, uma de revista e um posto da Polícia Militar. Nos arredores estão sendo assentadas pedras de São Tomé, similares e integradas as da ‘Nova Eduardo Ribeiro’.

 

Sítio arqueológico

No antigo aviaquário foram encontradas pedras jacarés e lióz da criação original, vindas diretamente de Portugal. O local será isolado e servirá como uma espécie de sítio arqueológico, onde a população poderá observar os achados da história. As obras estão bem avançadas e respeitaram todas as recomendações do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

 

Paisagismo

No total, 62 novas árvores foram plantadas pelo projeto “Arboriza Manaus”, dessas 32 da espécie oitizeiros, em canteiros que formam o paisagismo da praça, a exemplo do passeio público em frente ao Terminal da Matriz. Ao todo, a praça possui 163 árvores, entre novas e a já existentes.

 

Texto: João Paulo Gonçalves / Semcom

Fotos: Ricardo Oliveira / Semcom
Disponíveis em: https://flic.kr/s/aHsm5jFQ1J

Fotos: Márcio James / Semcom
Disponíveis em: https://flic.kr/s/aHskvK8WgV

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse