Notícias

Manaus adere ao movimento Janeiro Branco

A Prefeitura de Manaus aderiu, oficialmente, nesta sexta-feira, 13, ao “Janeiro Branco”, movimento iniciado em 2014, na cidade de Uberlândia, em Minas Gerais, por iniciativa do psicólogo Leonardo Abrahão. A proposta é levar informações para a população, do conceito ampliado da saúde mental e emocional, sem a qual não é possível viver satisfatoriamente em sociedade.

 

O lançamento da campanha aconteceu no auditório da Universidade Paulista (Unip), na zona Centro-Sul da cidade. É uma mobilização, a exemplo das que ocorrem em outros meses, como o “Outubro Rosa” e o “Novembro Azul”, que são marcadas por ações de conscientização com vistas à prevenção. Participaram do lançamento representantes de secretarias do estado e município, profissionais e estudantes dos cursos de Psicologia.

 

Em Manaus, as Unidades Básicas de Saúde do município oferecem serviços de atenção psicossocial, com equipes de psicólogos, assistentes sociais que fazem o atendimento inicial e dão o encaminhamento necessário a cada caso, para os Centros de Atenção Psicossocial, os CAPSs. Atualmente, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) tem três CAPSs, sendo um para atendimento infanto-juvenil e dois para tratamento de adultos, sendo um para transtornos mentais graves e persistentes, como esquizofrenia, bipolaridade. O outro para os casos de dependência de álcool e drogas. O funcionamento é 24 horas, atendendo a demanda das Unidades Básicas, quando elas não podem resolver. Em média, os CAPSs atendem de 80 a 100 pessoas por dia.

 

“A campanha pretende chamar a atenção da população para os cuidados com a prevenção. Aos primeiros sintomas de depressão, tristeza, de angústia, as pessoas precisam procurar auxílio profissional para que não venham a precisar de internação e ter uma melhor qualidade de vida”, destacou a subsecretária de Gestão da Saúde, da Semsa, Lubélia Sá Freire.

 

O Presidente do Conselho Regional de Psicologia, Gibson Alves dos Santos, destacou a importância do movimento “Janeiro Branco”, por se tratar de discussão de saúde. “Essa campanha tem um objetivo claro que é discutir a estrutura comportamental das pessoas que, muitas vezes não buscam o psicólogo como referencial de saúde mental, por entender que é alguém que trata apenas da loucura e que não trabalha com a prevenção. Será um período para estimular as pessoas à reflexão, para que façam uma ‘faxina interna’ no sentido de limpar as coisas que não são muito saudáveis em termos de sentimentos, emoções”, apostou.

 

Em Manaus, as profissionais Aline Félix, Alessandra Muniz, Naradja Varela e Ângela Noel, compõem o grupo responsável por articular as ações entre as esferas pública e privada, a fim de consolidar a campanha na capital do Estado, a exemplo do que já ocorre em 30 municípios no país. As pessoas interessadas em acompanhar a programação do “Janeiro Branco” podem acessar a página da campanha no Facebook: Janeiro Branco Manaus.

 

Texto: Sandra Monteiro

Fotos: Márcio James / Semcom

Disponíveis em: https://flic.kr/s/aHskSrUp2s

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse