Notícias

Leilão de Inservíveis da Prefeitura de Manaus encerra com resultado positivo

O segundo Leilão de Bens Inservíveis deste ano da Prefeitura de Manaus encerrou com resultado positivo para o município, com a venda de todos os 44 lotes que foram disponibilizados para negociação. O leilão aconteceu ao longo desta sexta-feira, 22/11, no Pátio Vip Leilão, na rua Visconde de Sinibu, nº 1.568, Flores, zona Centro-Sul. A arrecadação chegou ao montante de R$ 63,7 mil.

 

 

 

 

A Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), gestora de patrimônio do município e coordenadora do certame, informou que foram leiloados veículos, materiais de informática, eletrodomésticos, utensílios de escritório, entre outros materiais.

“No início do ano, a prefeitura promoveu um leilão com 102 lotes e agora esse menor, com 44 lotes, mas que também teve um excelente resultado. Dessa forma é possível dar uma melhor destinação para esses bens que o município não faz mais uso, desocupando os galpões em que eles estavam guardados e também gerando receita. Todo o valor arrecadado será revertido na compra de novos materiais, mais modernos e eficientes”, destacou a subsecretária de Gestão de Processos da Semad, Renata Bentes.

De acordo com a diretora do Departamento de Patrimônio da Semad, Joice Braga, visando uma gestão patrimonial de excelência, os itens do leilão passaram por uma avaliação e foram classificados como ociosos, antieconômicos, recuperáveis ou irrecuperáveis. Desde 2017, a prefeitura trabalha no ordenamento do patrimônio do município, conforme orientações estabelecidas pelo prefeito Arthur Virgílio Neto.

“Existe uma comissão que avalia, dá o valor inicial e, então, o leiloeiro faz a arrematação. Esses bens estavam em diversos depósitos do município, gerando custo e espaço para mantê-los. A realização do leilão permite que esses depósitos fiquem livres desse material, possibilitando um espaço maior para fazermos uma gestão adequada”, ressaltou a diretora.

Os 44 lotes de bens públicos que foram leiloados estavam alocados nos depósitos das Secretarias Municipais de Educação (Semed) e de Saúde (Semsa). A desocupação permitirá o recebimento de novos materiais.

 

_ _ _

Texto – Adrisa de Góes / Semad

Fotos – Nathalie Brasil / Semcom

Disponíveis em – https://flic.kr/s/aHsmJxj9DU

 

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse