Notícias

Implantação de rede de abastecimento de água é fiscalizada pela Ageman na Comunidade Nobre

Técnicos da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman) estão acompanhando os trabalhos de implantação da rede de abastecimento de água que vai atender aos moradores da Comunidade Nobre, na zona Norte de Manaus.

 

Implantação de rede de abastecimento de água é fiscalizada pela Ageman na Comunidade Nobre

 

O abastecimento da localidade será feito por meio do reservatório do bairro Monte das Oliveiras. O sistema vai beneficiar aproximadamente 5,5 mil pessoas. A obra está sendo realizada pela concessionária Águas de Manaus, a pedido da Prefeitura de Manaus. Com a conclusão dos trabalhos prevista para a primeira quinzena de maio, as famílias terão acesso à água filtrada. Atualmente, os imóveis da localidade são abastecidos com água de poços particulares.

 

Para o comerciante Neílton Barroso, a nova rede de abastecimento vai proporcionar mais saúde à sua família. No mês passado, ele os filhos menores tiveram infecção devido à má qualidade da água que saia do poço que abastece a casa onde mora.

 

“Depois disso, tive que começar a comprar garrafões de água para o preparo da comida. Gasto uns R$ 15 por semana e a água que vem do poço agora só uso para lavar a casa”, afirmou.

 

O diretor-presidente da Ageman, Fábio Alho, explica que os poços particulares existentes na comunidade Nobre não possuem a profundidade adequada e por isso não atendem aos padrões de qualidade, colocando em risco a saúde das famílias.

 

“Com o trabalho que está sendo feito pela concessionária e fiscalizado pela Ageman, a população daquela área terá água potável de qualidade. O poder concedente, na pessoa do prefeito Arthur Virgílio Neto, determinou que fosse feito o investimento e a empresa está  cumprindo, assegurando a universalização de um serviço tão essencial”, afirmou Fábio.

 

Além de fiscalizar a instalação dos hidrômetros, os técnicos da Ageman conversaram com os moradores sobre consumo consciente, a fim de evitar desperdícios e gastos elevados com as contas de água.

 

Texto: Tereza Teófilo / Ageman

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse