Notícias

Grupo de Pronta Resposta realiza vistoria em área de risco na zona Norte da cidade

O Grupo de Pronta Resposta (GPR), coordenado pela Casa Militar da Prefeitura de Manaus, realizou, na manhã desta quarta-feira, 8, vistoria em uma área de risco localizada no Conjunto Via Real, na  Cidade Nova, zona Norte, onde foi registrada pelo 199 a ocorrência de um deslizamento de barranco e risco de soterramento de casas.

 

O grupo foi formado esta semana para agilizar as respostas dos órgãos da prefeitura em relação aos prejuízos que algumas áreas da cidade têm no período de chuvas. Além da Casa Militar, também integram o grupo a Defesa Civil Municipal, as secretarias municipais da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), de Infraestrutura (Seminf), de Limpeza Urbana (Semulsp) e de Comunicação (Semcom). O grupo avaliou os riscos do local, acionou  as concessionárias de água e energia e fez a orientação devida aos moradores.

 

Mesmo com os 32 mm de chuva registrados na madrugada desta quinta-feira, 9, não foram registradas ocorrências graves nem grandes alagamentos na cidade. Atualmente, a Prefeitura de Manaus, por meio da Seminf realiza a dragagem de 11 igarapés que apresentam risco de transbordo. “O trabalho preventivo no leito dos igarapés e o monitoramento permanente da Defesa Civil nessas áreas tem minimizado o efeito das chuvas na cidade”, afirmou o diretor de Manutenção e Infraestrutura Urbana da Seminf, José Roberto.

 

Durante a vistoria no Conjunto Vila Real, a diretora de Operações da Defesa Civil Municipal, Bibiane Araújo, explicou que o grupo não identificou nenhuma residência com necessidade de intervenção. “Foi uma vistoria preventiva, mas percebemos a necessidade de equipes da Semulsp atuarem no local, o que já está ocorrendo”, informou.

 

De acordo com moradores, o deslizamento de terras que deu origem à cratera que hoje existe no local iniciou com uma lixeira viciada. “O lixo amontoado e a água que escorria quando chovia ocasionaram o desmoronamento. Agora com esta intervenção, acredito que tudo será resolvido”, afirmou o morador Luís Henrique Souza.

 

O secretário-executivo da Defesa Civil Municipal, Cláudio Belém, explicou que o grupo vai atuar cotidianamente com foco na antecipação de três horas das chuvas, enviando respostas imediatas à população. Belém reforçou que a qualquer risco, a população ligue para o número de emergência 199, momento em que o atendente identifica a ocorrência e orienta como proceder até a chegada dos técnicos.

 

Fotos: Marinho Ramos/Semcom

Disponíveis em: https://flic.kr/s/aHskNDy2Z5

Assessoria de Comunicação da Casa Militar / Defesa Civil de Manaus: 92 3625-7288

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse