Notícias

Fisioterapeutas participam de curso na maternidade Moura Tapajóz

A equipe do Serviço de Fisioterapia da Maternidade Dr. Moura Tapajóz, da Prefeitura de Manaus, promoveu nesta quarta-feira, 26/6, às 14h, no auditório da unidade, localizada na Compensa, zona Oeste, o curso sobre “Biomecânica Pélvica durante o Trabalho de Parto”, sob a coordenação da fisioterapeuta Ana Luiza Loureiro Guerreiro e do fisioterapeuta Marcos Giovanni Santos, chefe do Serviço de Fisioterapia da maternidade.

 

Fisioterapeutas participam de curso na maternidade Moura Tapajóz
O curso, segundo Marcos Giovanni, foi planejado tendo em vista a necessidade de aprimoramento dos profissionais que atuam na área de obstetrícia, visando à melhoria na qualidade da assistência, no que diz respeito ao atendimento de fisioterapia durante o trabalho de parto.

 

“Além do aprimoramento, o objetivo foi promover o encontro entre os profissionais para que estes possam falar sobre suas dificuldades, anseios e sobre as conquistas recentes de cada instituição. É importante disponibilizar espaços e oportunidades para troca de experiências, de protocolos e de conhecimento, para, com isso, fortalecer a especialidade da fisioterapia com foco em saúde da mulher, em Manaus”, explicou o fisioterapeuta.

 

O curso teve como público-alvo os profissionais fisioterapeutas das maternidades que são credenciadas e fazem parte do Projeto Apice On (Aprimoramento e Inovação no Cuidado e Ensino em Obstetrícia e Neonatologia) no Amazonas, entre elas: maternidade estadual Balbina Mestrinho, Instituto da Mulher e maternidade Dona Lindu, maternidade Ana Braga e a maternidade municipal Dr. Moura Tapajóz.

 

“Preconizamos o aprimoramento das técnicas apropriadas e especializadas no parto, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), buscando a liberdade de posições, sempre calcada na biomecânica pélvica durante o trabalho de parto e no uso consciente dos recursos e tecnologias fisioterapêuticas, favorecendo um parto mais confortável, acolhedor e humanizado”, avaliou Ana Luiza Guerreiro.

 

Texto – Marcella Normando / Semsa

Foto – Divulgação

 

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse