Notícias

Mais de 800 crianças participam de ‘ Festa da Criança’ no Puraquequara

Brincar, festejar e se alegrar com personagens da Disney encantou às mais de 800 crianças que participaram da Festa da Criança na Escola Municipal Francisco Nunes da Silva, comunidade Bela Vista, Puraquequara, zona Leste, porém o que mais prendeu a atenção de crianças e adolescentes foi a programação de educação ambiental, no trânsito e de saúde bucal.

 

18-10-11 - Terceiro dia de festa das crianças.

Desenvolvida pela Prefeitura de Manaus, sob a coordenação do Fundo Manaus Solidária com a participação de diversas secretarias do município, a programação teve início às 8h e seguiu até às 11h, sendo finalizada com a distribuição de brinquedos doados por servidores municipais, empresas parceiras e público em geral. Além de educação em diversos segmentos e distribuição de brinquedos, a Festa da Criança teve cineminha, atividades recreativas, pintura de rosto, teatro e atrações musicais.

 

Conforme a pedagoga da escola, Fernanda dos Santos, a realização de atividades como a Festa da Criança, no formato em que é realizada, contribui tanto para a vida escolar quanto para a vida familiar, e acima de tudo, para a formação da criança enquanto cidadão crítico. Além disso, é um reforço nas atividades desenvolvidas em sala de aula.

 

“Iniciamos agora o projeto da horta escolar e observei que a distribuição de mudas, que eu pensava que não iria chamar tanta atenção, foi a que primeiro acabou porque as mudas todas foram doadas. Ver os alunos interessados nas mudas, para mim, já é um reflexo do trabalho que começou a ser desenvolvido em sala de aula. Para nós foi maravilhoso trabalhar valores de cidadania, respeito, de cuidado com a natureza, com os resíduos e tantos outros temas em um único dia. Só temos a agradecer por isso”, destacou.

 

Outra atividade bastante concorrida foi a saúde bucal. De acordo com a coordenadora do Distrito de Saúde Leste, Graça Costa, mais de 300 alunos buscaram informações sobre escovação, prevenção de cáries e outras doenças bucais. Dez profissionais do Distrito de Saúde Leste participaram da atividade que contou também com a distribuição de kits de escovação, com escova de dentes, creme e fio dental.

 

“Os nossos profissionais tiveram o cuidado de, além de ensiná-los a escovação, de reforçar que eles são multiplicadores das informações e que devem ensinar os irmãos em casa a como escovar, de que a escova é única, individual e que isso favorece a saúde bucal do público na escola. Tivemos uma receptividade extraordinária, uma grande adesão dos alunos”, afirmou.

 

Um desses exemplos de adesão é o aluno Adriel dos Santos Pereira, 12, do 6º ano. Segundo ele, todas as atividades foram muito boas e ele participou de todas elas, mas a que mais gostou foi a de saúde bucal. “Participei das brincadeiras, da educação no trânsito, da educação ambiental, mas gostei mesmo foi da saúde bucal. Eles ensinaram como devemos escovar os dentes corretamente. Antes eu não sabia como era, mas hoje eu aprendi”, contou.

 

No que se refere à educação ambiental, os alunos aprenderam sobre plantio, cuidados básicos com as mudas, noções de preservação ambiental e reaproveitamento de resíduos sólidos tanto por parte da divisão de educação ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), quanto com a musicalidade dos Garis da Alegria, da Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp).

 

“A gente desperta neles um novo olhar sobre o nosso ambiente natural e o construído. Eles são curiosos, perguntam como faz, se interessam e isso é muito bom para todos nós e para o meio ambiente”, resumiu o chefe da divisão de educação ambiental da Semmas, Alessandro Sampaio.

 

Quem também comemorou o resultado positivo da Festa da Criança foi a coordenadora de educação no trânsito do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans), Rita Santos. Segundo ela, mais uma vez as crianças responderam positivamente à proposta da Prefeitura de Manaus de alinhar atividades que promovam entretenimento com informação e cidadania.

 

“É maravilhoso saber que a gente está contribuindo para o desenvolvimento dessas crianças e esse evento a gente dá uma grande contribuição para a nossa cidade porque forma cidadãos para o trânsito. Nunca precisamos tanto de pessoas que tenham essa consciência sobre o trânsito como agora e as crianças são o melhor canal para isso. Elas se apropriam dessas informações, levam para casa e influenciam, positivamente, o comportamento dos adultos e cobram comportamentos mais adequados, mais seguros”, resumiu.

 

Professora da escola Francisco Nunes e mãe de um aluno, Kelly Cristina, 36, estava muito emocionada com o resultado da Festa da Criança. Com a voz embargada ela disse estar muito feliz e agradecida pela atividade ter sido realizada no Puraquequara. “Sou moradora dessa comunidade e conheço a realidade daqui. Me emociono de ver a alegria das crianças porque foram poucas as vezes que elas tiveram a oportunidade de viver um dia assim. Nossa comunidade precisa”, disse.

 

Cidadania

Vice-presidente do Fundo Manaus Solidária, Mônica Santaella reafirmou o sentimento comum de que foi uma manhã mágica, em que reinou não somente a alegria dos momentos de lazer, mas também educação e cidadania com noções de trânsito, saúde bucal, ambiental, as mensagens sobre limpeza pública com os Garis da Alegria.

 

“As crianças estão muito abertas a tudo, elas querem conhecer, descobrir, participar e a gente se sente realizado porque nosso papel enquanto Fundo Manaus Solidária não é apenas levar essa alegria com distribuição de brinquedos, de sorrisos e espetáculos culturais, mas é também levar cidadania. Fortalecer a cidadania na construção do ser do amanhã é, inclusive, uma das maiores preocupações da nossa presidente, Elisabeth Valeiko Ribeiro e do nosso prefeito, Arthur Virgílio Neto”, afirmou.

 

A “Festa da Criança” conta, além da Semjel, com a participação das secretarias municipais da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), de Sustentabilidade e Meio Ambiente (Semmas), de Comunicação (Semcom), Infraestrutura (Seminf), Limpeza Urbana (Semulsp), Educação (Semed), Saúde (Semsa), Casa Militar, Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) e Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

Texto: Michele Gouvêa / Manaus Solidária

Fotos: Karla Vieira / Manaus Solidária

 

Disponíveis em: https://flic.kr/s/aHsmp2Jjob

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse