Notícias

Empresa parceira da prefeitura realiza caminhada ecológica no Parque Nascentes do Mindu

Um grupo de 20 colaboradores de uma empresa do Polo Industrial de Manaus (PIM) foi voluntário de uma caminhada ecológica no Parque Municipal Nascentes do Mindu, localizado no bairro Nova Cidade, zona Leste da capital, na manhã desta sexta-feira, 7/6. A atividade fora da rotina faz parte da programação da fábrica japonesa para comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente em parceria com a Prefeitura de Manaus, em uma articulação envolvendo o ente privado, a Secretaria Municipal de Parcerias e Projetos Estratégicos (Semppe) e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas).

 

Empresa parceira da prefeitura realiza caminhada ecológica no Parque Nascentes do Mindu

 

Para a secretária da Semppe, Maria Josepha Chaves, a parceria de sucesso traz benefícios a todos os envolvidos e marca a importância da data. “Nossa intenção em trazer uma empresa privada para o parque municipal em eventos como esse é despertar a consciência desses parceiros para a necessidade que temos de preservar o ambiente e os espaços públicos de nossa cidade, como orienta o prefeito Arthur Virgílio Neto”, enfatizou.

 

O secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antônio Nelson de Oliveira Júnior,  agradeceu a visita do grupo e destacou a importância do Parque dentro do mosaico de áreas protegidas da cidade. “Visitar o Parque Nascentes do Mindu é, antes de tudo, uma oportunidade de aprendizado ímpar. Nele, a Prefeitura de Manaus preserva vivas as três nascentes do maior igarapé urbano, o do Mindu e poder conhecer essa riqueza natural preservada não tem preço”, afirmou.

 

Além da caminhada, a equipe de visitantes também deixou sua contribuição verde com o plantio de mudas de buritis no entorno de uma das nascentes que se mantém mais preservada, com o intuito de que o desenvolvimento das espécies no local possa promover a proteção da área e da fonte.

 

“O objetivo da ação é mostrar o comprometimento da empresa, que é do ramo de eletrônicos, com o meio ambiente e a preservação. A nossa matriz está organizando essa atividade globalmente e, para nós, foi uma experiência única poder estar aqui nessa área, um dos recantos de conservação, e é importante para nós enquanto empresa termos essa consciência de que fazemos parte desse grande projeto de preservação das nossas riquezas naturais”, destacou Marcelo Moraes, coordenador da ação pela empresa.

 

A gestora do Parque, Fátima Nascimento, ressaltou a relevância da união entre a iniciativa privada e o poder público para estimular ações de preservação ambiental. “Nosso parque municipal está aberto para visitação de segunda a domingo, das 8h às 17h, e a ideia é fazer essa interação com as instituições de ensino, iniciativa privada e a comunidade para mostrar nossa unidade que é tão importante, pois aqui está inserida uma das principais nascentes da cidade”, contou a bióloga, reforçando que a unidade desenvolve ainda projetos com instituições de pesquisa por meio de parcerias. “Com as atividades de educação ambiental trabalhamos a recuperação das margens para reduzir o descarte incorreto de resíduos que tanto agride o nosso igarapé”, disse.

 

O parque abriga as três nascentes do Igarapé do Mindu, o maior igarapé de Manaus, com 22 quilômetros. O espaço, gerido pela Semmas, convive com a ameaça constante causada pela destinação incorreta de resíduos em trechos limítrofes da sua área e constantemente são desenvolvidos projetos de educação ambiental para combater essa poluição. Ao todo, a unidade possui 16 hectares e integra a Área de Proteção Ambiental (APA) Adolpho Ducke.

 

Texto – Lívia Nadjanara / Semppe

Foto – Divulgação / Semppe

Notícias relacionadas

Pesquisa Avançada

Utilize esta ferramenta para encontrar notícias de seu interesse